Fiorentina tropeça no Cagliari e perde 100% como mandante na Serie A
Foto: Divulgação/Cagliari Calcio

Em um jogo de poucas oportunidades, a Fiorentina recebeu o Cagliari e, pela primeira vez em cinco partidas como mandante na Serie A, não saiu vencedora. Neste domingo (21), a Viola saiu na frente com gol de Veretout, de pênalti, mas Pavoletti decretou o 1 a 1 no Artemio Franchi​.

A primeira etapa foi de pouquíssima chances de gol. Mesmo com muito mais posse de bola - 62% -, a Fiorentina só conseguiu duas finalizações durante todo o primeiro tempo, nenhuma na direção do gol. Enquanto isso, o Cagliari conseguiu otimizar seu tempo com a posse, finalizando cinco vezes, e acertando duas vezes a meta de Lafont. O time visitante viu a Viola dominar no início, mas aos poucos foi melhorando e foi o time mais perigoso da primeira etapa.

Aos 22, em tabela desenvolvida pelo meio da defesa, João Pedro passou para Cerri finalizar da entrada da área, exigindo primeira intervenção de Lafont. O Cagliari chegou a assustar a Fiorentina em mais alguns cruzamentos laterais e escanteios, mas nenhum deles efetivos.

Enquanto isso, a chance mais perigosa dos mandantes foi aos 44. Chiesa recebeu de Fernandes na lateral da área, limpou a marcação e bateu cruzado, com muito perigo, mas sem alterar o placar em um primeiro tempo de muita dedicação, porém pouca inspiração dos dois times.

Na segunda etapa, a Fiorentina se posicionou mais a frente e criou mais chances se comparado a parte inicial, mas não muitas claras. Foram nove finalizações dos mandantes, contra cinco do Cagliari, porém apenas duas certas de cada um. Aos seis, Biraghi cruzou da esquerda e encontrou Chiesa, que, livre na primeira trave, perdeu grande chance, mandando à direita do gol.

Aos 12, em jogada individual pela direita, Chiesa invadiu a área e foi derrubado depois de chegada atrapalhada de Barella. Inicialmente, a arbitragem não marcou pênalti, mas o árbitro Piero Giacomelli acabou apontando a penalidade após checagem do VAR. Na cobrança, Veretout deslocou Cragno e fez 1 a 0.

O técnico Rolando Maran, vendo seu time me déficit no placar, fez uma alteração decisiva de atacantes aos 17. Seis minutos após entrar, Pavoletti recebeu ótimo cruzamento de Faragò, antecipou a marcação e se esticou para mandar para as redes e empatar.

O jogo a partir daí teve seu nível de tensão aumentado, com a Fiorentina sendo o time a controlar as ações, e o Cagliari tentando aproveitar espaços para contra-ataques. Stefano Pioli​ colocou Mirallas e Eysseric nas vagas dos apagados Pjaca e Gerson, mas os dois substitutos também não foram efetivos. Quem continuava tentando incendiar o jogo era Chiesa. Aos 33, ele recebeu de Milenkovic, arrancou para a área e finalizou com categoria no canto, exigindo boa defesa de Cragno.

Uma saída em velocidade do Cagliari veio aos 35. João Pedro recebeu por elevação de Castro nas costas da defesa, bateu no canto e a bola desviou em Milenkovic antes de ser defendida de forma espetacular por Lafont. Já aos 42, Biraghi cruzou da esquerda, Chiesa apareceu na área para finalizar com categoria, mas Cragno brilhou e garantiu um ponto para o Cagliari.

Com 14 pontos, a Fiorentina ocupa o sexto lugar, quatro atrás da Lazio, primeiro time na zona de UCL. No próximo sábado (28), às 15h30, a Viola visita o Torino. No domingo (28), às 11h, o Cagliari recebe o lanterna Chievo. Com 10 pontos, a equipe rossoblù ​ocupa o 14º lugar.

VAVEL Logo