Em duelo acirrado, Di María marca e Paris Saint-Germain empata com Napoli em casa
Foto:Divulgação/PSG

Em duelo acirrado, Di María marca e Paris Saint-Germain empata com Napoli em casa

O placar favorece os visitantes que ocupam a segunda posição. Do outro lado, os donos da casa estão em terceiro

izabellefranca
Izabelle França

Para matar o torcedor do coração, o Paris Saint-Germain empatou em 2 a 2  com o Napoli, na tarde desta quarta-feira (24), pela 3ª rodada da Champions League. Di María e Mário Rui (contra), fizeram para os franceses. Do Insigne Mertens marcaram para os napolitanos.

Com o resultado, os italianos somam cinco pontos no Grupo C e fica na segunda colocação. Já o Les Rouge-et-Bleu vai a quatro, e está em terceiro lugar.

A equipe parisiense comandou o jogo nos primeiros minutos, porém, os visitantes conseguiam bloquear as suas principais jogadas. No entanto, aos 13 minutos uma cobrança de escanteio cobrada por Neymar. A defesa napolitana cortou mal, Mbappé teve o tempo de dominar, mas acabou desperdiçando a jogada e mandou para fora.

Na sequência, o camisa 10 deixou Mbappé dentro da grande área, o jovem atacante de 19 anos deixou a bola escapar e acabou dando uma assistência para Cavani, que finaliza no meio do gol e Ospina conseguiu fazer a defesa.

Porém, o Napoli começou a controlar e a gostar da partida. Diferentemente, dos donos da casa que se apagaram. Logo, os Les Rouge-et-Bleu perdiam facilmente a bola e as vaias da torcida começaram a surgir.  Aos 23, Márui Rui avançou pelo lado esquerdo do campo, cruzou, Mertens surgiu  entre Marquinhos e Kimpembe. O belga conseguiu a finalização, que explodiu no travessão.

Prontamente, um contra-ataque do time italiano. Hamsik alçou para Callejón, que livre de marcação pegou de primeira, mas o goleiro segurou firme. Aos 28, o camisa 7 fez um lançamento milimétrico para Insigne.  Com categoria, o atacante deu toque e a bola cobriu o Areola, parando no fundo do gol.

No segundo tempo, Paris Saint-Germain adiantou a marcação e dificultou a vida do Napoli. Aos 61, Neymar se livrou da marcação e tocou para Mbappé, que enfiou para Meunier. O lateral-direito foi tentar cruzar para Cavani na segunda trave, mas a bola desviou em Mário Rui e foi parar dentro das redes. 

Empurrado pela sua torcida, o time francês tentava partir para a virar. Contudo, os visitantes conseguiram se recuperar bem, esfriou o ataque do adversário controlando a posse de bola.

Tanto, que a sorte também esteve a seu favor. Aos 71', Fabián Ruiz  chutou de fora da área, a bola explodiu nas costas do brasileiro Marquinhos e sobrou para Mertens, que com a ponta da chuteira ampliou para os visitantes.

Nos acréscimos, o Paris  renasceu nos pés de Di María. Neymar se livrou da marcação e tentou o passe para Mbappé. Contudo, a bola foi foi parar com argentino, que ajeitou bateu colocado onde a coruja dorme.

VAVEL Logo

Ligue 1 - França Notícias

há um mês
há 2 meses
há 2 meses
há 2 meses
há 2 meses
há 3 meses
há 3 meses
há 3 meses
há 3 meses
há 3 meses