Bayern de Munique vence Mainz e assume vice-liderança provisória da Bundesliga
(Divulgação/Bayern de Munique)

Jogando fora de casa, na Coface Arena, o Bayern de Munique venceu o Mainz 05 por 2 a 1 neste sábado (27), em partida válida pela nona rodada da Bundesliga. Com o resultado, o time de Niko Kovac parece ter engrenado de vez no campeonato e agora volta as primeiras colocações.

Os bávaros garantiram a vice-liderança, ainda que provisória, com 19 pontos, dois atrás do líder Borussia Dortmund. Já os de 05 apenas permanecem na décima segunda posição, com 9 pontos na tabela.

Ambos os clubes voltam a campo já no meio de semana, pela Copa da Alemanha, a DFB Pokal. Na terça-feira (30), o time de Mogúncia vai até a SGL Arena, onde enfrenta o Augsburg, ás 16h45 (de Brasília). Já os bávaros também jogam no mesmo dia e no mesmo horário, só que diante do SV Rodinghausen na Osnatel Arena.

O placar foi aberto na Mogúncia aos 39 minutos da primeira etapa do jogo. Lançamento de Thiago encontrando Kimmich no lado direito em boas condições. O jovem cruzou e Goretzka, pegando de primeira, mandou pro fundo das redes.

A alegria do Gigante da Baviera, no entanto, durou até o começo do segundo tempo. Os donos da casa empataram e com um gol até parecido com o que abriu o marcador. Levantamento pelo lado direito, a bola cruzou toda a a área e Boetius, oportunista, surgiu no meio da defesa pra estufar as redes. Primeiro tento do holandês com a camisa do Mainz.

Os dois lados se movimentavam bastante, mas o Bayern era quem tinha mais controle em campo. Pressão e maior posse eram todas do time visitante.

Aos 62 veio o balde de água fria para o time da casa. Latza tentou sair jogando, mas foi desarmado e a bola sobrou para Lewandowski, que  invadiu a área e tocou rasteiro para o meio. O polonês encontrou Thiago livre de marcação apenas empurrando pro fundo do gol. 2 a 1 e gol que dava alívio para o Bayern.

A vitória permite o time bávaro voltar as primeiras colocações, após momento turbulento no Campeonato Alemão e também um sopro de alívio para Kovac, que já era pressionado por resultados melhores.

VAVEL Logo