Lucien Favre critica desempenho, mas se mostra aliviado com classificação do Dortmund
Técnico lamentou erros da equipe (Foto: Divulgação/BVB)

O Borussia Dortmund garantiu vaga para as oitavas de final da Copa da Alemanha nesta quarta-feira (31) após bater o Union Berlin por 3 a 2 no Signal Iduna Park. Após empata o jogo com gols de Pulisic e Phillipp, os alvinegros precisaram enfrentar a prorrogação. Com pênalti de Marco Reus nos minutos finais do tempo extra, o time conseguiu garantir o passaporte para a próxima fase. O técnico Lucien Favre não se mostrou satisfeito com o desempenho da equipe, além de criticar chances perdidas.

"Foi muito difícil jogar contra esse time. Eles são muito bem organizados, muito estáveis. Foi difícil desestabilizar eles. Em última análise, terminamos, é o que conta. Não foi merecido. Infelizmente, sofremos o segundo empate três minutos antes do apito final. Depois tivemos que jogar os 30 minutos de prorrogação. Mas, felizmente, não precisávamos ir para os pênaltis. Queríamos progredir. E, finalmente, terminamos, é o que conta. Precisamos melhorar a esse respeito. Precisamos evitar esses erros no futuro. Na Copa você precisa passar. Nós absolutamente queríamos progredir. Dois anos atrás, a União levou Borussia Dortmund para um tiroteio. Mas vale a pena lembrar que fomos os únicos a marcar no final da vitória por 4-3 sobre o Augsburg há algumas semanas" garantiu o comandante.

Com uma partida difícil, o time precisou se desdobrar para garantir a classificação. Favre elogiou o modo de jogo do oponente e alertou para jogos do Borussia Dortmund como esse.


"A oposição foi muito sólida e compacta na defesa. Eles foram agressivos e físicos nos desafios, nas batalhas aéreas também. Foi difícil para nós. Precisamos nos adaptar a jogar contra times como esse e precisamos encontrar melhores soluções. Às vezes, tentamos complicar demais as coisas. Mas, apesar de tudo, tudo bem" explicou. 

O treinador também falou sobre a lesão de Abdou Diallo, o que vai impossibilitá-lo de jogar as próximas partidas.

"Ele se machucou cedo. Não sabemos exatamente o que está errado. Ele provavelmente não estará disponível para os próximos jogos" afirmou.

O próximo desafio do Dortmund será no sábado (03), às 11h30, contra o Wolfsburg, na Volkswagen Arena, pela 10ª rodada da Bundesliga.

VAVEL Logo