Higuaín perde pênalti, é expulso e Juventus bate Milan no San Siro
(Divulgação/Juventus)

Hoje não foi o dia de Higuaín em Milão. No San Siro, o Milan recebeu a visita da Juventus pela décima segunda colocação da Serie A e com uma atuação digna de vilão do atacante argentino, que perdeu um pênalti e foi expulso, a equipe milanista saiu derrotada pelos líderes do campeonato por 2 a 0.

O resultado deixa Le Zebre em situação ainda mais tranquila na tabela, permanecendo no primeiro lugar, com 34 pontos e invicto. Enquanto isso, no lado rubro-negro, a Rossoneri permanece na quinta colocação, com 21 pontos.

As duas equipes só retornam aos gramados italianos após a pausa para a DATA FIFA. A Vecchia Signora joga no dia 24, sábado, contra a SPAL, ás 15h (de Brasília), no Juventus Stadium. Já a Diavolo volta a campo no dia 25, domingo, diante da Lazio no Olímpico de Roma, ao 12h (de Brasília).

Os líderes do campeonato começaram bem na partida e já aos 7 da primeira etapa abriram o placar. Boa troca de passes da Juventus no meio até a bola ficar com Alex Sandro na esquerda. O lateral cruzou na medida e Mandzukic subiu mais que o zagueiro para testar pro fundo das redes.

O croata não parou por aí e quase marcou o segundo em jogada bem parecida com a do gol. Cristiano Ronaldo levantou na área pelo lado direito, mas o atacante cabeceou para fora desta vez. Os juventinos chegavam a todo momento na área do Milan.

Aos 33, escanteio para a Juve, Dybala desviou com a cabeça, mas o goleiro Donnarumma foi rápido e conseguiu defender. Até que aos 40 minutos veio o sopro de esperança para os donos da casa. Em bola cruzada, Benatia tocou com a mão e o árbitro assinalou o pênalti do marroquino á favor do Milan com auxílio do VAR. Gonzalo Higuaín, ex-jogador da Vecchia Signora, foi o escolhido para a cobrança e bateu na trave esquerda. Foi o último grande lance da etapa inicial, que teve vitória parcial do time bianconeri.

A primeira oportunidade na saída de bola do segundo foi com o meia Calhanoglu. Ele arriscou de fora da área, mas a bola passou ao lado direito da trave de Szczesny. A Juve respondeu ao ataque aos 55, com Ronaldo. O português recebeu na entrada da área e mesmo sem estar com ângulo para o gol, bateu, mas nas mãos do arqueiro. A equipe de Turim seguiu em cima e aos 57, teve falta próximo a área. Dybala foi para a bola e mandou no poste, quase o segundo da Juve.

Aos 67, CR7 deu linda arrancada desde o campo defensivo, limpou a marcação e finalizou no canto, mas Donnarumma conseguiu evitar o gol. Quando o relógio marcava 81 minutos, saiu o segundo da equipe visitante. Matuidi chegou pelo lado direito, mandou uma bomba na direção do goleiro milanista, que espalmou pro meio e Cristiano Ronaldo empurrou pras redes. Gol para decretar a vitória da Juve fora de casa.

Para finalizar a péssima atuação do Milan, aos 83, o árbitro expulsou Higuaín por entrada perigosa em Matuidi. Atuação desastrosa do artilheiro do Milan na temporada.

VAVEL Logo