Empatite: Fiorentina não sai do zero com Bologna e empata pela quinta vez consecutiva
Foto: Divulgação/Bologna FC

Empatite: Fiorentina não sai do zero com Bologna e empata pela quinta vez consecutiva

Derby dell'Apennino terminou sem gols, colou time rossoblù entre os três últimos e Viola fora da zona de competições europeias

bruno-da-silva
Bruno da Silva
Bologna FCSkorupski; Calabresi, Danilo, Helander, Mattiello (Dijks, min. 86); Pulgar, Poli, Svanberg (Krejcí, min. 57); Orsolini (Dzemaili, min. 72), Palacio, Santander. Técnico: Filippo Inzaghi
FiorentinaLafont; Milenkovic, Ceccherini, Vitor Hugo, Biraghi; Veretout, E.Fernandes, Benassi (Dabo, min. 87); Gerson (Mirallas, min. 79), Chiesa, Simeone (Thereau, min. 72) Técnico: Stefano Pioli
INCIDENCIASPartida válida pela 13ª rodada da Serie A Tim 2018-19, no Stadio Renato Dall'Ara, em Bologna, Itália

O resultado do Derby Dell'Appennino entre Bologna Fiorentina, neste domingo (25), foi ruim para as duas equipes. O 0 a 0 foi o quinto empate seguido da Viola, algo que não acontecia desde 1990 - ao menos, o time aumentou o tabu para nove jogos sem perder para o rival. Já para os bolonheses, o resultado significou a entrada na zona de rebaixamento da Serie A, onde não vence a seis jogos.

A primeira etapa foi bem movimentada no Renato Dall'Ara. Com certa alternância no domínio do jogo, as duas equipes tiveram boas chances de sair na frente antes do intervalo. A Fiorentina teve 13 finalizações, contra seis do Bologna, quatro a três em chutes certos. A Viola também teve mais a bola - 57% de posse -, mas foram os mandantes quem começaram melhor.

Aos cinco, Poli recebeu com espaço pela direita da área e conseguiu chute forte, mas parou em boa defesa de Lafont. Dois minutos depois, após cobrança de escanteio, Helander ajeitou e Danilo finalizou de cabeça com perigo, por cima do gol. 

Depois deste início superior do time da casa, a Fiorentina conseguiu tomar o domínio das ações. Gerson e Chiesa foram muito acionados pelas pontas, e foram as válvulas de escape mais importante do time. Aos 14, Chiesa recebeu na entrada da área, limpou a marcação e arriscou da entrada da área, mas Skorupski pegou.

Aos 18, Gerson recebeu na direita, ajeitou na entrada da área e Benassi chegou batendo, perto da trave direita. A Fiorentina manteve sua postura agressiva e com marcação alta para empurrar o Bologna para atrás, e foi eficiente por um tempo, criando boas chances. Aos 27, Fernandes passou mal, Svanberg interceptou, mas a bola sobrou para Simeone, que girou batendo da meia-lua e exigiu bom reflexo de Skorupski.

No terço final da primeira etapa, o Bologna conseguiu fugir da pressão da Viola e equilibrou o jogo. A Fiorentina apostou mais nas jogadas de velocidade, mas encontrou mais dificuldades para criar perigo. Já o time rossoblù por pouco não saiu na frente já aos 42. Após belo cruzamento de Calabresi, Orsolini subiu no meio da defesa e cabeceou no canto, porém Lafont salvou e manteve o 0 a 0 no placar.

A segunda etapa foi de menos organização e também um número menor de chances. A Fiorentina finalizou seis vezes, contra apenas um chute do Bologna. A posse de bola se manteve praticamente a mesma, mas o nível do jogo, em geral, caiu.

Aos cinco, Veretout lançou Simeone no contra-ataque, e o argentino saiu em ótima posição de frente para o gol, mas perdeu a chance parando em ótima defesa de Skorupski. Vendo seu time criar pouquíssimo, Filippo Inzaghi tentou alterar o ritmo, colocando Krejcí no lugar de Svanberg. Apesar do substituto ter tido a única finalização do Bologna em todo o segundo tempo, o efeito não foi muito grande no jogo.

Com muitos erros no meio-campo, as chances mais claras foram da Fiorentina, e na bola aérea. Aos 25, no escanteio cobrado por Veretout, Milenkovic apareceu livre no meio da área e cabeceou com estilo, carimbando a trave. Seis minutos depois, Biraghi colocou na área, a zaga afastou para frente e Veretout bateu de primeira no rebote, mandando perto do gol, à direita.

Os dois técnicos foram cautelosos nas suas alterações. Stefano Pioli trocou jogadores das mesmas posições, e até reforçou o meio-campo com Dabo na vaga de Benassi, mesma alternativa de Inzaghi, que colocou Dzemaili no lugar de Orsolini. A reta final de partida foi bem aberta, com as duas equipes tendo bastante espaço para contra-atacarem, mas faltou capricho e o zero persistiu.

Com 11 pontos, o Bologna cai para 18º, já que o Empoli venceu a Atalanta, de virada, por 3 a 2. A Fiorentina, com 18, está na nona colocação, dois pontos atrás do Parma, primeiro time na zona de Europa League.

Os dois times voltam a campo no próximo sábado (1º). O Bologna visita a Sampdoria, às 17h30, enquanto a Fiorentina recebe a arquirrival Juventus, às 15h. Partidas no horário de Brasília.

VAVEL Logo

Itália Notícias