Taison marca no fim, Shakhtar vence Hoffenheim e só depende de suas forças para avançar na UCL
Foto: Divulgação/Hoffenheim

Taison marca no fim, Shakhtar vence Hoffenheim e só depende de suas forças para avançar na UCL

Brasileiro marcou duas vezes para garantir vitória dos ucranianos na Alemanha por 3 a 2; alemães tiveram boas chances com um a menos, mas cederam no fim e estão fora da Liga dos Campeões

bruno-da-silva
Bruno da Silva

Em dia iluminado de Taison e Ismaily, o Shakhtar Donetsk conseguiu um gol nos acréscimos e venceu o Hoffenheim, fora de casa, por 3 a 2, mantendo o time vivo no Grupo F da Uefa Champions League. Os brasileiros marcaram no começo para fazer 2 a 0, mas Kramaric e Zuber empataram ainda no primeiro tempo. Já no fim, quando os alemães estavam com um a menos, Taison fez o terceiro e garantiu a vitória do time da Ucrânia nesta terça-feira (27).

Os times tiveram um ótimo aproveitamento em finalizações na primeira etapa. Foram nove finalizações totais, cinco a quatro a favor dos alemães, e quatro gols. Três deles saíram em um espaço de quatro minutos.

Aos 13, Ismaily recebeu lançamento de Taison e, de dentro da área, bateu cruzado, contando com desvio para abrir o placar. Dois minutos depois, após saída errada do Hoffenheim, Júnior Morais lançou Taison, que avançou com velocidade e fez 2 a 0 para o Shakhtar. Mas, o Hoffe reagiu logo em seguida. Aos 17, Belfodil assistiu Kramaric, que, com muita categoria, encobriu Pyatov e descontou.

Com mais posse de bola - 64% na primeira etapa -, o Hoffenheim teve sua postura agressiva tradicional e, como já é tradicional nessa Champions League, teve um jogo muito movimentado e cheio de gols. Aos 40, após cruzamento de Kaderábek, a zaga tentou afastar, Pyatov saiu mal e a bola sobrou para Zuber, que, de cabeça, encobriu o goleiro e empatou a partida na Rhein-Neckar Arena.

⏰ '14 Ismaily
⏰ '15 Taison
⏰ '17 Andrej Kramarić
⏰ '40 Steven Zuber

Hoffenheim comeback 💪
Four-goal thriller 😍#UCL pic.twitter.com/iNrXQdh99K

— UEFA Champions League (@ChampionsLeague) 27 de novembro de 2018

O domínio do Hoffenheim continuou na segunda etapa, com a característica troca de posição e esquemas táticos, e criando mais chances que o rival. Aos 14, porém, Szalai tomou o segundo amarelo em dois minutos, e deixou os alemães com um a menos. Mexendo a posição de suas peças, Julian Nagelsmann reajustou seu time para continuar buscando a vitória, e o Hoffe continuou melhor. 

Aos 30, Zuber, aparecendo pelo meio, acertou a trave e quase virando a partida. Oito minutos depois, Nelson fez boa jogada individual, botou na área buscando Belfodil, que não conseguiu finalizar, e Schulz, na sequência, mandou com perigo. Com os dois times precisando da vitória para seguir sonhando com uma vaga, o jogo ficou aberto. A resposta do Shakhtar foi aos 37. Taison e Ismaily tiveram uma chance cada em sequência, mas o primeiro parou na trave e o segundo em defesa de Baumann com os pés.

As duas equipes se alternaram na busca por um gol, que evitaria a eliminação antecipada. Apesar dos esforços com 10 jogadores, o Hoffenheim foi punido por sua ousadia. Aos 47, Ismaily aproveitou o espaço no lado esquerdo, e assistiu novamente Taison que, com calma, completou para manter o Shakhtar vivo na UCL: 3 a 2.

Com cinco pontos, o Shakhtar sobe para o terceiro lugar e depende de uma vitória em casa na última rodada contra o Lyon, que é o segundo, com sete, para seguir às oitavas de final. Já o Hoffenheim, lanterna, com três, ainda sonha com uma vaga à Europa League, mas fecha sua primeira participação na fase de grupos da ​​​​​​UCL diante do Manchester City, na Inglaterra. As partidas estão marcadas para o dia 12/12, às 18h (horário de Brasília).

VAVEL Logo

Alemanha Notícias