Tedesco lamenta derrota do Schalke para o Dortmund no clássico: "Foi difícil para nós"
Reprodução/Schalke

Tedesco lamenta derrota do Schalke para o Dortmund no clássico: "Foi difícil para nós"

Azuis Reais esperam conseguir bons resultados nos próximos embates

francesco-chianelli
Francesco Chianelli

Na tarde deste sábado (8), o Schalke 04 perdeu, na Veltins Arena, o derby para o Borussia Dortmund. O gol dos donos da casa foi marcado por Daniel Caligiuri (61', pênalti). Já os dos visitantes foram marcados por Thomas Delaney (7') e Jadon Sancho (74'). Os Azuis Reais ocupam a 13ª posição, com 14 pontos. Os aurinegros lideram o campeonato, com 36 pontos.

Após o apito final, o treinador da equipe Gelsenkirchen, Domenico Tedesco, parabenizou a equipe de Dortmund pela vitória e mostrou-se frustrado com a falta de coragem de seus comandados.

"Parabéns ao Dortmund pela vitória. Entramos no jogo bem e tivemos um bom começo, apesar do 0 a 1. Tínhamos que ter defendido melhor o nosso gol. No entanto, tivemos mais posse e boa taxa de aprovação no primeiro tempo. O que simplesmente está faltando conosco é um estalo", disse.

O técnico também fez uma análise sobre os diversos setores de sua equipe, e lamentou a lesão de um de seus atacantes, que o fez mudar completamente seu esquema tático.

"Nossos flancos atualmente não são bons e não encontramos um jogador na grande área. Tínhamos que ter dominado mais o primeiro tempo. Perdemos nosso único atacante de destaque aos 36 minutos, e esperávamos trazer um jogador com tempo com a substituição de Hamza Mendyl. Yevhen Konoplyanka é um ponta, ele se sente melhor do lado de fora, mas precisávamos de dois atacantes centrais", contou.

Por fim, Domenico falou sobre a falta de consistência de seu time, e espera que aprendam com os erros cometidos, para que possam garantir bons resultados nas próximas partidas. 

"Na segunda etapa, jogamos bem, fizemos o 1 a 1 e tivemos dez minutos realmente bons. No 1 a 2 defendemos muito mal. Taticamente não foi o que imaginávamos. Depois disso, foi difícil para nós, porque não tínhamos alívio e as bolas não ficavam no nosso pé. Os dois gols saíram em alguns momentos difíceis de lidar. Agora precisamos aprender com a situação e decidir esses jogos novamente para nós", concluiu.

VAVEL Logo