Em busca do tricampeonato, Real Madrid encara Al Ain na final do Mundial de Clubes
(Foto: Twitter/Al Ain)

Em busca do tricampeonato, Real Madrid encara Al Ain na final do Mundial de Clubes

Equipes se enfrentam neste sábado, às 14h30, em Abu Dhabi

leo-moura
Leonardo Almeida

Real Madrid e Al Ain fazem a grande final do Mundial de Clubes neste sábado (22), às 14h30, em Abu Dhabi, Emirados Árabes. O time merengue, entra na disputa após vencer o Kashima Antlers na última quarta-feira (semifinal). Já o árabes passaram por Team Welligton, Espérance e River Plate (jogos de fases anteriores).

Real Madrid

A equipe de Santiago Solari, atual campeão da Champions League, entrou no torneio já na fase semifinal, encarando o Kashima Antlers e vencendo sem sufoco por 3 a 1. Os três gols do Real foram marcados pelo galês Gareth Bale, sendo duas assistências do brasileiro Marcelo. O time  japonês descontou com Shoma Doi.

Como circulado na imprensa mundial, o River Plate era o segundo time favorito para conquistar o mundo, atrás somente dos Blancos. Solari afirmou, em entrevista coletiva, que o Al Ain é muito mais competitivo do que se pode imaginar.

“Não é uma surpresa, é claro que esperava que o River passasse, mas muitas vezes o esperado não é o que realmente acontece, e o Al Ain é um time muito mais competitivo do que as pessoas podem imaginar. Não há coincidências quando as equipes chegam. Sempre há uma visão da América do Sul sobre a ideia de medir forças com times europeus, pois a maior potência do futebol está concentrada na Europa”, disse.

Al Ain

Clube do país sede no Mundial, o Al Ain fará o seu quarto jogo nesta competição contra o Real Madrid. Antes, os comandados de Zoran Mamic havia eliminado o Team Welligton (nos pênaltis), o Espérance, e o River Plate nos pênaltis por 5 a 4 após empatar por 2 a 2 no tempo normal. 

Destaque da equipe nos últimos jogos, o brasileiro Caio, em entrevista exclusiva ao portal Goal, brincou afirmando que preferia enfrentar o Real sem o zagueiro Sérgio Ramos: "Sergio Ramos! Ele é um grande defensor, ele é muito bom, ele ajuda o time, ele é o líder ... acho que sem ele seria um pouco mais fácil para nós”.

O brasileiro comentou, ainda, sobre uma das motivações do plantel do Al Ain neste Mundial. "Não há maior segredo do que dar o melhor que temos em campo. E isso é o que pode nos dar uma vantagem. E fato das pessoas acharem que o Al Ain não vai ganhar também nos motiva. Isso nos dá ainda mais força", concluiu.

Escalações

Sem muito mistério, o técnico argentino, Santiago Solari, deve repetir a mesma escalação que derrotou o Kashima Antlers na última quarta-feira com: Courtois; Dani Carvajal, Varane, Sergio Ramos e Marcelo; Modric, Llorente (Casemiro) e Kroos; Lucas Vazquez, Bale e Benzema

Já o croata Mamic, deve mandar à campo: Khalid Essa; Mohamed Ahmad, Mohamed Fayez, Ismail Ahmed e T. Shiotani; T. Doumbia, Bandar Mohammed, Rayan Yaslam Mohamad  e Ahmed Barman; Caio e Hussein El Shahat.

O time do eleito melhor do mundo, Luka Modric, tem a chance de levantar a terceira taça consecutiva do mundial. Por outro lado, os arábes do Al Ain tem a oportunidade de fazer história e conquistar seu primeiro título mundial em sua primeira participação no torneio.

(Foto: Al Ain/Twitter)
(Foto: Al Ain/Twitter)

 

VAVEL Logo