Borussia Dortmund bate Monchengladbach e aumenta vantagem na liderança
(Divulgação/Borussia Dortmund)

Borussia Dortmund bate Monchengladbach e aumenta vantagem na liderança

Equipe se recuperou de derrota na última rodada e garantiu vitória antes de pausa no campeonato

caio__vinicius
Caio Vinicius
borussia-dortmundBürki; Achraf, Piszczek, Toprak, Guerreiro; Witsel, Delaney, Weigl; Sancho, Reus; Paco Alcácer.
borussia-vfl-1900-monchengladbachSommer; Johnson, Beyer, Kramer, Wendt; Strobl, Zakaria; Herrmann, Neuhaus, T.Hazard; Pléa.
Placar1-0, min. 41, Sancho. 1-1, min. 45, Kramer. 2-1, min. 54, Reus
INCIDENCIASPartida válida pela décima sétima rodada da Bundesliga e disputada no Signal Iduna Park.

Em confronto bastante esperado entre o líder da Bundesliga e o vice, Borussia Dortmund e Borussia Monchengladbach se enfrentaram no Signal Iduna Park. Os aurinegros saíram na frente do placar ainda no primeiro, levaram o empate, mas conseguiram sair vitoriosos em uma partida bastante disputada.

O resultado deixa a vida das Abelhas mais tranquila após a derrota no último jogo, diante do Fortuna Dusseldorf, que beneficiou bastante o Bayern de Munique. O time de Lucien Favre abre nove pontos de vantagem, chegando aos 42, enquanto Dieter Hecking e seus atletas permanecem na segunda colocação, com 33, empatados com a equipe bávara.

A bola só volta a rolar para BVB e Gladbach em 2019, especificamente no dia 19 de janeiro, sábado. Os potros visitam o Bayer Leverkusen na BayArena, ao 12h (horário de Brasília). Já as abelhas vão até a Saxônia, onde enfrentam o RB Leipzig na Red Bull Arena, ás 15h30 (horário de Brasília).

O jogo

Com bola rolando, duelo equilibrado no início, mas foram os donos da casa que tiveram a iniciativa ofensiva. Aos 20 minutos de partida, bola recuperada por Raphael Guerreiro no meio-campo e deixada com o espanhol Alcácer. O atacante encontrou Reus, que ficou de frente a Sommer, mas o goleiro suíço fez bela defesa para evitar o gol.

Após a boa chance criada, o espanhol, no entanto, teve que abandonar o gramado. O jogador sentiu aos 30 minutos e saiu para a entrada de Mario Gotze, que entrou como falso 9.

Mas isso não impediu que o Borussia Dortmund continuasse na frente e o meio-campista acabou sendo fundamental. Contra-ataque puxado por Reus, toque para Gotze dentro da área. O meia fez o pivô e deixou com Sancho, que limpou a marcação e bateu quase sem ângulo para abrir o placar com 41 minutos.

A resposta dos potros veio logo em seguida. Três minutos depois, após Zakaria deixar com Fabian Johnson, o jogador cruzou desde a direita e Kramer, mesmo resvalando a mão na bola, conseguiu mandar para o fundo gol. O VAR foi consultado pelo árbitro, mas o gol foi mantido.

Na etapa complementar, as duas equipes voltaram sem mexidas e mantiveram o ritmo do primeiro tempo. E aos 54, os donos da casa ampliaram. Passe de Delaney para Gotze na direita e cruzamento rasteiro feito na área até Reus, que fez o segundo.

Com 65 minutos marcados no relógio, o Borussia Dortmund teve falta muito próximo a seu favor. Gotze e Reus na bola parada, mas foi o capitão quem cobrou, acertando a trave esquerda e quase fazendo mais um no jogo.

Os potros ensaiaram uma tentativa de empate aos 68, mas faltou mais eficiência ao ataque. Traoré partiu em velocidade, entrou na área e chutou cruzado, pra fora.

O tempo foi passando e a tensão se estendendo até o fim, com o juiz adicionando mais três minutos de partida. Apesar disso, o Gladbach não conseguiu se importar e o Dortmund saiu com a vitória por 2 a 1.

VAVEL Logo