Hazard ultrapassa os 100 gols com a camisa do Chelsea e ajuda Blues a vencer Watford fora de casa
Créditos: Chelsea FC/Twitter Oficial

Hazard ultrapassa os 100 gols com a camisa do Chelsea e ajuda Blues a vencer Watford fora de casa

Com nova vitória fora de casa, Chelsea se mantem entre os 4 primeiros na virada de turno; Watford se estaciona no meio da tabela

gabriel_oandrea
Gabriel Andrea

O último jogo da Premier League neste Boxing Day botou frente a frente Watford e Chelsea no tradicional Vicarage Road, em jogo válido pela 19ª rodada do campeonato. Antes da partida começar, 10 pontos separavam as duas equipes, que disputavam da metade para cima da tabela.

O técnico Javi Garcia colocou em campo um “falso 4-2-2-2”, já que Deulofeu, mesmo que colocado ao lado do centroavante Deeney na escalação oficial disponibilizada pela Premier League, acabou jogando um pouco mais recuado - como um meia - sua posição natural dentro das quatro linhas. Além do goleiro Forster, a defesa dos Hornets teve Femenía, Kabasele (que saiu lesionado nos minutos iniciais para a entrada de Mariappa), Cathcart e Holebas. Entre os volantes, Doucouré e Capoué defendiam as chegadas do ataque dos Blues; um pouco mais à frente, Sema e Pereyra faziam o corredor pelos lados do campo.

O Chelsea de Sarri, por sua vez, era um tive com o padrão ideal para um jogo fora de seus domínios. Além da forte zaga com laterais bem ofensivos, a trinca com os volantes Kovacic, Kanté e Jorginho eram novamente os 3 mais defensivos no meio-de-campo dos Blues. Mais à frente, compondo um trio de muita velocidade, Willian, Pedro e Hazard eram os encarregados de buscar o gol por parte do time visitante. Mais uma vez Maurizio Sarri escala sua equipe sem um centroavante fixo.

A partida começou bem aberta. Logo aos 9 minutos iniciais, o brasileiro Willian quase fez. O atacante tirou o goleiro Ben Forster da jogada com um belo drible e chutou na trave, já com pouco ângulo. O time da casa não demorou a responder: Doucouré arriscou do garrafão e chutou por cima do gol de Kepa. O jogo ficou quase 15 minutos sem nenhuma das equipes finalizar a gol. A bola ficava quase integralmente no meio-de-campo

Em termos de objetividade, até os 40 minutos de jogo a equipe da casa tinha 3 chutes contra apenas 2 do Chelsea. No quesito posse de bola, o assunto era bem diferente, já que os Blues tinham mais de 70% do tempo com a bola nos pés.

No apagar das luzes da primeira etapa, já nos acréscimos, Kovacic roubou a bola de Doucouré no meio campo e serviu Hazard, que driblou o goleiro e fez o primeiro gol do jogo. Foi o centésimo gol do atacante belga com a camisa do time londrino.

Apenas 2 minutos mais tarde, entretanto, o próprio Doucouré teve a chance de se redimir ao sair cara a cara com o goleiro Kepa, mas acabou chutando em cima do arqueiro espanhol. De tanto insistir, Roberto Pereyra aproveitou a jogada ensaiada pela linha de fundo e marcou um golaço para o Watford, de voleio. O empate veio tarde, mas não deixou de vir para o time da casa voltar com tranquilidade para o segundo tempo.

O reinício da partida foi tão intenso quanto o final da primeira etapa. Hudson-Odoi, que havia entrado na vaga de Pedro nos minutos finais da primeira parte do jogo, era quem puxava o jogo pela direita para o Chelsea. E foi por este mesmo lado que surgiria a próxima oportunidade da equipe visitante. Em jogada em velocidade com Hazard, o atacante se chocou com o goleiro Ben Forster e cobrou com categoria para marcar seu segundo gol na partida e recolocar o Chelsea à frente no placar, aos 13 minutos do segundo tempo.

Deulofeu era quem tentava produzir as jogadas ofensivas do Watford, mas quase nunca conseguia ser efetivo porque tinha só Deeney para ajudá-lo na armação, já que Pereyra fazia uma segunda etapa bastante apagada. O Chelsea quase fez o terceiro gol aos 32 minutos, com Willian, que bateu cruzado de primeira direito na trave, levando muito perigo ao gol dos Hornets.

Faltando pouco mais de 10 minutos para o final do jogo, Hazard enxergou Kante subindo com muita velocidade e lançou o francês com qualidade, que chutou cruzado e viu a bola passar ao lado direito do gol de Forster. No contra-ataque seguinte, só que desta vez do time da casa, Troy Deeney foi lançado na pequena área e tocou de chapa por cima do gol de Kepa, para o desespero do torcedor do Watford presente no Vicarage Road.

E terminou nisso. Com o 2 a 1 no placar, foram três pontos de extrema importância para o Chelsea, que alcançou nova vitória fora de casa e vira o turno da Premier League colado nos primeiros colocados. Foi a 20ª vitória de Sarri como treinador do Chelsea.

VAVEL Logo

Inglaterra Notícias