Para Pochettino, Tottenham perdeu a chance de matar o jogo no primeiro tempo contra o Wolves
Créditos: Tottenham HotSpurs/Twitter Oficial

Para Pochettino, Tottenham perdeu a chance de matar o jogo no primeiro tempo contra o Wolves

Treinador argentino ainda lamentou os diversos erros defensivos ocorridos no segundo tempo, quando o Tottenham levou 3 gols em jogadas de contra-ataque

gabriel_oandrea
Gabriel Andrea

Após a virada surpreendente sofrida pelo Wolverhampton dentro de casa, por 3 a 1, Pochettino não ficou feliz com o desempenho do Tottenham e muito menos com as várias oportunidades de ataque perdidas, principalmente no primeiro tempo.

Fazendo uma análise sobre os 45 minutos iniciais da partida, Pochettino foi objetivo ao dizer:

“Nós sofremos o primeiro gol e nos últimos 20 minutos foi difícil para a equipe encontrar energia. [...] O jogo estava sob controle no primeiro tempo e talvez fosse mais fácil do que esperávamos no primeiro tempo.”

Durante sua coletiva pós-jogo, o argentino parecia indignado com a diferença de seu time entre o primeiro e o segundo tempo. Quando perguntado sobre onde seu time pecou para sair com a derrota em Wembley, o treinador foi firme:

“No segundo tempo, começamos a sentir que o jogo já estava decidido e, a partir disso, jogamos de maneira errada e com muitas bolas longas. Jogamos mais com o coração do que com a sua cabeça e começamos a gastar muita energia. Muito desapontado com o resultado, assim como os jogadores ficaram.”

Diferentemente das partidas anteriores, o Tottenham foi manteu seu ritmo forte que vinha empregando nos minutos finais das partidas e cometeu muitos erros considerados bobos pelo técnico. Assim comentou Pochettino sobre a comparação com as recentes atuações de seu time:

“Perdemos essa frescura para matar o jogo (na partida de hoje). A diferença entre Everton, Bournemouth e a partida de hoje foi que nós não matamos o jogo. A equipe acabou se enfraquecendo, foi então para baixo e eles sentiram nosso cansaço enquanto continuavam pressionando. Foi aí que pecamos”.

VAVEL Logo