Em final de jogo eletrizante, Freiburg empata nos acréscimos com Stuttgart
Florian Niederlechner sendo exaltado pelo companheiros de Freiburg após empatar o jogo nos acréscimos (Foto: bundesliga.com)

Em final de jogo eletrizante, Freiburg empata nos acréscimos com Stuttgart

Saindo na frente do placar, o alvinegro continuou atacando; os estrasburgueses chegaram a virar na reta final do jogo, mas depois de expulsão cedeu o empate aos visitantes

leo_silva997
Leonardo José

Não faltou emoção no clássico vurtemberguês entre Stuttgart e Freiburg, pela Bundesliga. No confronto que marcou o fechamento da 20ª rodada, os donos da casa brigavam pelos três pontos para não deixar o Augsburg se distanciar na briga pela permanência na primeira divisão. Do outro lado, o time da Floresta Negra se preocupava em manter a distância para o próprio Stuttgart, o primeiro da zona de rebaixamento.

Devido ao fantasma do descenso tomando conta de ambas as torcidas, a partida foi equilibrada e decidida apenas nos acréscimos na Mercedes-Benz Arena.

No início do jogo, foi o Stuttgart quem deu o primeiro chute a gol, com Alexander Esswein, mas nada que movimentasse o placar. Logo depois, o Freiburg respondeu, e melhor: com gol. Nils Petersen recebeu a bola em ataque e passou para Janik Haberer. O jovem atacante alemão bateu de fora da área, com o pé direito, e mandou no canto inferior esquerdo do goleiro adversário vurtemberguês (0 a 1).

Mesmo com o gol, o Freiburg não recuou, mas também sofreu ataques do time de Estraburgo. Ambos os times caracterizaram um primeiro tempo de lá e cá. Donis, Gentner, Pavard, Zuber e Esswein finalizaram ao gol, criaram chances, porém não conseguiram movimentar o placar a favor da equipe da casa. Entretanto, com a camisa alvinegra, Grifo, Petersen e Höler também não aproveitaram as oportunidades de marcar.

O segundo tempo começou da mesma forma que terminou o primeiro: aberto, com ambos criando chances e buscando o gol. Até que o argentino Emiliano Insúa empatou o jogo aos 29 minutos (1 a 1), finalizando com o pé direito, de dentro da área, após assistência de Nicolás González. Sem se acomodar com a igualdade, o Stuttgart seguiu em ofensiva. E deu certo!

Aos 37, Daniel Didavi pôs fim à pressão ofensiva estrasburguesa. O meio-campista alemão também se beneficiou de assistência de Nicolás González e marcou o gol da virada (2 a 1). Os alvinegros não se abateram e aumentaram sua presença no campo de ataque. E aos 39', Mario Gomez recebe cartão amarelo por falta dura. Cinco minutos depois o mesmo Mario Gomez comete outra falta e recebe o segundo amarelo, originando o vermelho. Com o um a mais, o Freiburg se lançou completamente ao ataque.

Depois de muita persistência ofensiva, o time da Floresta Negra chegou ao empate já no apagar das luzes, aos 48', com Florian Niederlechner, que entrou logo após a virada dos vermelhos. O jovem atacante alvinegro recebeu de Jérôme Gondorf e, com o pé direito, na cara do gol, não perdoou. Em seguida, não houve tempo para mais nada, e o clássico vurtemberguês acabou em 2 a 2.

Agora, o Stuttgart ocupa a 16ª posição e tem 15 pontos, três a mais que o Nuremberg (17º) e três a menos que o Augsburg (15º). Na próxima rodada, os vermelhos entram em campo contra o Fortuna Düsseldorf, fora de casa. Enquanto isso, o Freiburg está na 13ª posição, com os mesmos 22 pontos de Schalke (12º) e Düsseldorf (14º). Na rodada seguinte, os alvinegros recebem o Wolfsburg.

VAVEL Logo