Fiorentina fica no empate com Udinese e perde chance de subir na tabela da Serie A
Foto: Divulgação/Udinese Calcio

Fiorentina fica no empate com Udinese e perde chance de subir na tabela da Serie A

Após vencer a Roma por 7 a 1 no meio de semana pela Copa da Itália, Viola acabou empatando por 1 a 1 em Údine e estacionou na nona colocação

bruno-da-silva
Bruno da Silva
Udinese CalcioMusso; De Maio, Troost-Ekong, Nuytinck; Stryger Larsen, Behrami, Mandragora, Fofana, D'Alessandro; de Paul (Okaka, min. 74), Pussetto (Lasagna, min. 84). Técnico: Davide Nicola
FiorentinaLafont; Laurini (Ceccherini, min. 83), Pezzella, Milenkovic, Biraghi; Veretout, E.Fernandes, Gerson (Pjaca, min. 60); Chiesa, Mirallas (Simeone, intervalo), Muriel. Técnico: Stefano Pioli
Placar1-0, min. 56, Stryger Larsen. 1-1, min. 66, E.Fernandes
INCIDENCIASPartida válida pela 22ª rodada da Serie A 2018-19, na Dacia Arena, em Údine, Itália

Fiorentina manteve a invencibilidade de mais de três meses fora de casa, mas não conseguiu aproveitar o embalo após a goleada história contra a Roma nas quartas da Copa da Itália, e ficou no 1 a 1 com a Udinese. Neste domingo (3), pela 22ª rodada da Serie A, o time da casa abriu o placar com Stryger Larsen aos 11 do segundo tempo. A Viola buscou o empate dez minutos depois, através de Fernandes.

A primeira etapa foi na maior parte do tempo monótona na Dacia Arena, algo que não tem sido comum em jogos da Fiorentina. No total, foram 10 finalizações na parte inicial - seis a quatro para os visitantes -, mas apenas uma na direção do gol. A Viola também teve ligeira superioridade na posse de bola, com 52%, mas a Udinese deu a impressão de ser o time mais próximo do gol.

Aos 11, Mandragora avançou pela esquerda para dentro da área, tocou para o meio e de Paul fez grande jogada para tirar Milenkovic e ficar de frente para o gol, mas acabou finalizando à direita e perdendo grande chance para a Udinese. Sem muita criatividade no meio-campo, e com Chiesa e Mirallas tímidos, a Fiorentina teve sua grande ocasião na bola parada. Aos 25, após cobrança de escanteio de Biraghi, Pezzella apareceu no meio da área para cabecear forte e mandou no canto, porém parou em defesa milagrosa de Musso.

O panorama de muita disputa no meio-campo e algumas entradas ríspidas se manteve, refletindo no grande equilíbrio na partida. A Udinese voltou a aparecer bem aos 39. De Paul fez ótimo lançamento da intermediária para dentro da área, Veretout errou o corte e Pussetto ficou com espaço para finalizar, mas mandou no lado de fora da rede a última boa oportunidade da primeira etapa.

A Fiorentina voltou para o segundo tempo com Simeone na vaga de Mirallas, e o técnico Stefano Pioli modificou o esquema tático, variando do 4-3-3 para o 3-5-2. Apesar das intenções do comandante viola serem ofensivas, a Udinese manteve-se o melhor time no início da etapa decisiva. Aos 11, em jogada que começou num erro de Veretout após cobrança de escanteio curto da Fiorentina, Pussetto puxou o contra-ataque pela esquerda, bateu com desvio e a bola sobrou na segunda trave para Stryger Larsen, que se lançou para a bola e completou para o gol: 1 a 0.

A Fiorentina mostrava muitas dificuldades para criar ocasiões, mesmo com a entrada de Pjaca na vaga de Gerson, e a Udinese se defendia com eficiência. Porém, aos 20, após chute despretensioso de Muriel, a bola rebateu e voltou para Edimilson Fernandes, que arriscou rasteiro de longe e mandou no canto direito de Musso para fazer um belo gol em Údine: 1 a 1.

A partir do gol de empate, a Fiorentina conseguiu subir o nível e esteve sempre próximo do gol rival. Aos 31, depois de um corte ruim de Okaka em cobrança de escanteio, a bola voltou para dentro da área e Chiesa teve duas chances para finalizar: primeiro parou em Musso, e na segunda ocasião mandou à direita do gol.

O time da Udinese não conseguiu manter a postura anterior, e a única arma que sobrou foi o contra-ataque. Aos 35, em jogada rápida de contra-ataque pela esquerda, Okaka recebeu na entrada da área, bateu travado e a bola sobrou para Pussetto finalizar cruzado, na rede pelo lado de fora. Dois minutos depois, Muriel fez boa jogada individual pela esquerda, levantou na segunda trave e Chiesa se esticou para desviar, mas acabou mandando por cima do gol.

Já nos acréscimos, Veretout cobrou escanteio na primeira trave, Ceccherini subiu livre e desviou para o gol, porém parou em defesa de Musso, que garantiu um ponto para o time da casa.

A Udinese, 16ª colocada, com 19 pontos, volta a campo no próximo domingo (10), quando visita o Torino, às 12h. Um dia antes, no sábado (9), a Fiorentina, que permanece em nono, com 31 pontos, joga em casa contra o vice-líder Napoli, às 15h. Partidas no horário de Brasília.

VAVEL Logo