Lloris defende pênalti e Tottenham empata com Arsenal pela Premier League
Foto: Reprodução/Tottenham 

A manhã deste sábado (2) foi marcada pelo clássico londrino: Tottenham e Arsenal. Os 81.332 torcedores que compareceram viram o empate de 1 a 1, em Wembley, em partida válida pela 29ª rodada da Premier League. O galês Aaron  Ramsey abriu o placar para os visitantes, enquanto Harry Kane deixar tudo igual. Ademais, o  goleiro Hugo Lloris defendeu o pênalti de Aubameyang e garantiu o resultado.

A equipe Lilywhite permanece três partidas sem vencer e ainda ocupa a 3ª posição, com 61 pontos. Já os Gunners estão no 4º lugar, com 57, mais pode perder a posição para o Manchester United que ainda joga neste contra o Southampton.

Apesar de somar apenas um ponto, o torcedor dos Spurs ainda podem comemorar, já que Kane superou Adebayor e virou o maior artilheiro no derby do norte de Londres. Agora, o atacante soma 9 gols em nove jogos.

Ramsey  comemorando o primeiro tento do confronto (Foto: Reprodução/Arsenal)  

O marcador foi inaugurado aos 15 minutos. Tentando afastar o perigo, a zaga dos Gunners mandaram do campo de defesa. Na hora de tentar afastar, Sanchez furou. Ramsey passou livre na intermediária, driblou Lloris  e só completou para o gol.

Os Spurs conseguiram chegar com perigo somente aos 23'. Trippier cobrou falta na área, Harry Kane cabeceou no ângulo, sem chances para Leno. Contudo, a arbitragem marcou que o atacante estava em posição de impedimento e o tento foi anulado.

Após o lance, os donos da casa tomaram gosto pela partida. Vertonghen arriscou de fora da área, mas acabou mandando para fora. Na reta final, Kane deixou Eriksen cara a cara com o goleiro. O dinamarquês chutou, Leno conseguiu defender. Sissoko ficou com rebote e mandou uma bomba e o camisa 19 salvou a pátria novamente.

 Kane na cobrança do pênalti (Foto: Reprodução/Tottenham) 

Na segunda etapa, o Arsenal quase ampliou com Lacazette. Monreal avançou pelo lado esquerdo do campo e cruzou para  o francês, que pegou de primeira, contudo, a bola vai para fora raspando na trave.

Com mais posse de bola, o Tottenham conseguiu partir para cima dos adversários. Danny Rose recebeu lançamento na área, dividiu com o arqueiro alemão. Kane ficou com a sobra, mas árbitro falta do camisa 10 em cima de Leno.

Perturbando o campo de ataque, Sokratis cometeu falta em Lamela.  Em cobrança de falta, Eriksen alçou para área, em disputa Mustafi deixou Kane no chão e o juiz marcou penalidade máxima. Aos 73',  o próprio atacante foi para cobrança, deslocou o goleiro e deixou tudo igual. 

Na reta final, o duelo começou a ficar mais equilibrado, porém, os Spurs continuavam com o domínio da bola. Independente, os  Gunners partiam para a virada. Aos 88', marcado por seis jogadores, Mkhitaryan tocou para Aubameyang na grande área. O jogador foi tocado por Sánchez e ficou no chão: pênalti. O gabonês cobrou rasteiro no canto esquerdo, Lloris vai para lado certo, evitando a derrota dos anfitriões.

Prestes do término da partida, Lucas Torreira deu um carrinho em Danny Rose. A arbitragem entendeu como uma entrada dura e deu o vermelho direto.

VAVEL Logo