Salzburg cresce em casa, vence de virada, mas Napoli avança na Europa League
Divulgação/Red Bull Salzburg

Salzburg cresce em casa, vence de virada, mas Napoli avança na Europa League

Time austríaco fez segundo tempo perfeito para vencer italianos e diminuir o placar agregado para 4 a 3, o que os classificou os napoletanos às quartas

gabriel_oandrea
Gabriel Andrea

Após a tranquila e larga vitória por 3 a 0 na ida das oitavas de final da Europa League, o Napoli viajou até Salzburgo em busca de um bom resultado para seguir em diante na competição. Só que do outro lado estava um motivado Red Bull Salzburg que jogava diante de seu torcedor, que lotou a Arena de Salzburgo.

O time da casa, dirigido por ‎Marco Rose, foi para o “tudo ou nada” com três homens de frente dispostos a se sacrificar para alcançar a quase-impossível tarefa de igualar o resultado negativo obtido no país da bota.

Ancelotti, por sua vez, se deu ao luxo de poupar alguns de seus habituais titulares para enfrentar o time da Áustria, já se escorando no bom resultado do primeiro jogo. Insigne, Diawara e Ghoulam foram estes nomes.

Precisando do ataque a qualquer custo, o time da casa tentou sair para frente nos primeiros minutos, mas a estratégia foi logo por água abaixo em decorrência da disparidade técnica entre os dois time em campo. Aos 9 minutos de jogo Milik quase abriu o placar para “‎Gli Azzurri”, com um bom cabeceio.

Mas Milik estava decidido a não passar em branco na partida. Na marca dos 13’ o atacante polonês pegou o rebote do goleiro Walke e mandou um lindo voleio para o fundo das redes. Foi o segundo gol do jogador em quatro jogos disputados na Liga Europa.

Gol marcado por Milik (Créditos: Napoli/Twitter)
Gol marcado por Milik (Créditos: Napoli/Twitter)

O time da casa não desistiu facilmente. O desconto do Red Bull Salzburg veio aos 24 minutos. Depois de uma saída de bola errada do brasileiro Allan, Dabbur recebeu um lançamento rasteiro na entrada da área, deu a finta no zagueiro e marcou um belo gol para deixar tudo igual no placar. 1 a 1 em Salzburgo

Aos 27’ Fabian Ruiz deu uma “sapatada” de bem longe e quase marcou um belo gol de fora da área para Napoli. O jogo parecia bem mais encaminhado para uma vitória tranquila do time italiano que qualquer outra coisa, graças à desvantagem técnica da equipe austríaca em relação à italiana.

Com 42’ marcados o japonês Minamino costurou na entrada da área e tentou surpreender o goleiro Meret com um forte chute de canhota, mas que apenas passou do lado esquerdo do goleiro do Napoli. O primeiro tempo foi de muito equilíbrio entre as duas partes. O placar agregado foi de 4 a 1 para os italianos nos 45 primeiros minutos. As estatísticas de intervalo marcaram 56% de posse de bola à favor do time da casa e 6 a 3 em chutes também à favor dos austríacos.

No segundo tempo, o Napoli deu indícios de que queria matar a partida o quanto antes possível. Logo aos 2’ de returno, Piotr Zieliński tentou com a perna esquerda de fora da área, a bola desviou e quase matou o goleiro Walke antes de ir para escanteio.

Daí em diante as ações foram praticamente todas do time de Salzburgo, que não queria fazer feio na frente de seu fanático torcedor. O lateral Lainer teve duas oportunidades para mandar a bola para a área e levar muito perigo ao gol de Meret.

Depois de muita insistência, Ulmer recebeu bom passe em profundidade pelo lado esquerdo e cruzou com precisão para Fredrik Gulbrandsen, meia que tinha acabado de entrar em campo e marcou o gol da virada do Red Bull Salzburg, aos 25 minutos da segunda etapa. O 2 a 1 representava a superioridade do time da casa naquele momento do jogo.

Dabbur foi o autor de um dos gols contra o Napoli (Créditos: RB Salzburg/Twitter)
Dabbur foi o autor de um dos gols contra o Napoli (Créditos: RB Salzburg/Twitter)

Faltando pouco mais de 15 minutos para o final da partida, Minamino quase fez o terceiro gol do Salzburg em duas tentativas, mas o goleiro do Napoli interviu bem nas duas ocasiões de perigo.

Dabbur quase marcou de voleio para o time da casa depois de mais um ótimo cruzamento, desta vez de Enock Mwepu. Só que o gol que deu um ponto de esperanças para a equipe de Salzburgo saiu dos pés de Christoph Leitgeb, nos acréscimos da partida. O atacante ficou com a sobra da bola na grande área e chutou forte para marcar o terceiro gol dos austríacos no jogo.

Com muita determinação no final da partida, o Red Bull Salzburg não conseguiu chegar ao 4º e decisivo gol para que a equipe permanecesse na Europa League. Mesmo com o resultado adverso no placar agregado, a torcida austríaca aplaudiu muito seus jogadores no final do jogo.

O que a equipe de Salzburgo fez na segunda partida foi equivalente ao que deixou de fazer no jogo em Nápoles. Esse fator gol completamente preponderante para que o Napoli avançasse de fase.

O Napoli fez exatamente o suficiente para segurar um placar que os colocassem na próxima rodada do torneio. Agora os italianos esperam com ansiedade pelo sorteio das quartas-de-final da competição europeia, que ocorre na manhã desta sexta-feira (15).

VAVEL Logo