Guardiola destaca merecimento após classificação do City na final da Copa da Inglaterra
Divulgação/Manchester City

Guardiola destaca merecimento após classificação do City na final da Copa da Inglaterra

Para o treinador espanhol, o 1 a 0 espelhou o que sua equipe vem sofrendo fora de campo, com uma série de lesões e a falta de continuidade de uma esquema

gabriel_oandrea
Gabriel Andrea

Com uma vitória magra e dura em Wembley, o Manchester City alcançou a finalíssima da FA Cup e agora espera o vencedor de Watford e Wolves para ver com quem decidirá a última partida. Mesmo com pouquíssimas jogadas ofensivas que resultaram em oportunidades claras de gol, Pep Guardiola, manager dos Citizens, encara resultado com fruto do que seu elenco vem passando fora das quatro linhas.

Em menos de 3 meses, o City perdeu 16 jogadores por lesões, o que vem dificultando bastante o trabalho em grupo praticado pelo treinador espanhol e deixando o entrosamento como uma questão de muita dificuldade nas últimas partidas.

Depois da vitória, Pep evitou falar sobre a falta de produtividade de sua equipe lá na frente e elogiou muito o time do Brighton:

“Jogamos contra uma equipe muito qualificado em termos defensivos nessa semifinal, que treina muito as jogadas com a bola parada e nós sabíamos disso, mesmo com apenas uma jogada clara de gol, conseguimos abrir o placar cedo e agora estamos na final, e é isso que importa”, disse Guardiola.

Perguntado sobre a real possibilidade de levantarem quatro taças nessa temporada, o treinador espanhol rechaçou:

“Se você quer minha opinião verdadeira, acho que é quase impossível (ganhar as quatro competições). Vamos jogo a jogo e ver no que dá. Temos perdido jogadores por lesão a cada instante, e isso vem nos atrapalhando muito. Mas o que mais importa é que confio em nosso elenco”.

A tradicional Copa da Inglaterra sempre teve um forte peso em nível nacional e significa bastante para o fanático torcedor inglês. Guardiola disse que o simples fato de estar na final da competição já agrada, mas evita “botar o carro na frente dos bois”.

“Não sei como seria ganhar porque ainda não ganhei. Vamos ver como estaremos para o próximo jogo. Mas seria especial ganhar esse torneio. Não sei em que condições estaremos para enfrentar Watford ou os Wolves, mas fico feliz de alcançarmos a final.”

No possível lance de maior polêmica na partida, Walker e Jahanbakhsh se envolveram em um lance sem bola e o juiz expulsou o lateral-direito do City de forma direita. No momento de consultar o VAR (que é presente na FA Cup), o árbitro voltou atrás e apenas amarelou os dois jogadores envolvidos. Pep preferiu não falar nada sobre o lance:

“Não vi o lance que reclamam tanto sobre o Walker, mas assim que o ver na televisão terei minha opinião formada. Só não digo nada porque ainda não vi.”

VAVEL Logo