Em duelo marcado por racismo, Lazio derrota Milan e vai à final da Coppa Itália
Foto: Reprodução/Lazio

Em duelo marcado por racismo, Lazio derrota Milan e vai à final da Coppa Itália

Triunfo foi apagado pelo canto racistas da torcida biancoceleste para o jogador Bakayoko

izabellefranca
Izabelle França

Lazio carimbou sua vaga para à final da Coppa Itália.  Após o empate sem gols no jogo de ida, a águia venceu o Milan por 1 a 0, no San Siro. O gol foi marcado por Joaquín Correa. Agora o time da capital irá aguarda o vencedor do confronto entre Atalanta e Fiorentina nesta quinta-feira.

Infelizmente, a partida não ficou só marcada pelo futebol. Os torcedores biancoceleste gritavam cantos racistas: "uma banana para Bakayoko". Em certo momento, o narrador do estádio pediu para que interrompesse.

Foto: Reprodução/Milan   

Dentro das quatro linhas teve um primeiro tempo não teve muitas emoções. Com muitos erros de passe, a melhor oportunidade ocorreu aos 27 minutos. Suso tentou fazer cruzamento, a zaga afastou. Calabria ficou com a sobra e arrematou com a esquerda, mas Strakosha espalmou para escanteio.

Na reta final, Bastos recebeu lançamento no meio da área, bateu rasteiro e a bola foi para fora. Aos 47',  Joaquín  Correa tabelou com  Luis Alberto, que ficou sozinho com Reina. O  camisa 11 chutou colocado, mas o arqueiro fez grande defesa.

Foto: Reprodução/Milan     

A Lazio apareceu melhor na segunda etapa. Aos 50', Immobile partiu em contra-ataque, rola para trás e Lucas Leiva pega de primeiro, obrigando Reina salvar a pátria.  Logo em seguida, Joaquín Correa carregou pela esquerda, trouxe para dentro e finalizou. O goleiro espanhol salvou os Rossoneri.

Aproveitando o bom momento, o time visitante conseguiu abrir o marcador aos 57'. Immobile partiu para o ataque e inverteu para Correa. O jogador tocou por baixo das pernas de Reina. 1 a 0.

Porém, a torcida biancoceleste começou a ecoar cantos racistas para o Bakayoko. Os mesmos ofericiam banana ao jogador francês. O narrador do estádio pediu para parar, diferentemente do juiz.

VAVEL Logo