Dortmund cede empate a Werder Bremen e vê chances de título da Bundesliga diminuírem
(Foto: Divulgação/Bundesliga)

No início da tarde deste sábado, Werder Bremen e Borussia Dortmund se enfrentaram pela 32ª rodada da Bundesliga. As duas equipes que tem diferentes pretensões no campeonato, estão na primeira parte da tabela, com os visitantes brigando ponto a ponto pela liderança com o poderoso Bayern de Munique e os mandantes visando uma vaga em competição europeia.

Borussia Dortmund sufocando

O Borussia, que tinha muitos desfalques, começou o jogo impondo velocidade e com muito perigo, logo aos 5', Pulisic fez excelente jogada individual e abriu o placar para os aurinegros.

A pressão era gigante, e o Dortmund não parava, e aos 13', Akanji deu um bom passe para Götze, que arriscou um belo chute de fora da área, e exigiu boa defesa de Pavlenka.

O domínio durante quase toda primeira etapa foi dos visitantes, que tinham um ímpeto de marcar cada vez maior, e aos 30', em boa tabela com Witsel, Jadon Sancho finalizou e novamente Pavlenka fez bela defesa.

Em uma das poucas oportunidades do Bremem, o japonês Osako recebeu bom cruzamento de Augustinsson aos 39', cabeceou a bola com muito perigo, que passou centímetros da trave direita de Bürki.

Pulisic era o jogador que em suas jogadas individuais causavam mais pânico a defesa dos comandados de Florian Kohfeldt. E em mais uma dessas, Friedl acabou cometendo um falta perto da meia lua, Alcácer foi para a cobrança, e aos 40', ampliou o placar em um golaço.

E assim terminava a primeira etapa, com o total domínio do Borussia, com o que parecia ser uma partida totalmente controlada.

A redenção

O segundo tempo começou assim como o primeiro terminou, os aurinegros amassando o adversário na defesa. Aos 49', Guerreiro recebeu passe de Götze, mandou uma bomba em direção a meta, mas Pavlenka estava em um excelente dia, salvou mais uma bola.

O Werder Bremen parecia ter voltado com mais organização em campo, e assim, começou a encaixar perigosos contra ataques, e assim aos 52', Eggestein fez boa infiltração e recebeu o passe de Sahin, que pegou um chute de primeira, defendido por Bürki.

Os contra ataques dos mandantes estavam se tornando cada vez mais perigosos, e aos 69', Möhwald recebeu de Rashica, arriscou um chute sem muita inspiração, mas em uma enorme falha de Bürki, diminuiu a vantagem no jogo.

Os comandados de Lucien Favre evidentemente sentiram o gol sofrido, e assim, o Bremem aproveitou e pressionou a defesa até forçar um erro. Erro que ocorreu de Akanji, deixando a bola livre para Augustinsson cruzar no pé do experiente Cláudio Pizarro, que não perdoou e empatou o jogo.

O Borussia parecia não ter mais fôlego, e o Werder Bremem, pelo contrário, tinha, e aos 86', em contra ataque, Rashica arriscou um belo chute, com muito efeito, passando muito perto da trave de Bürki.

Aos 92', os mandantes causavam muitos problemas a defesa aurinegra, e assim, Pizarro, recebeu uma bola de Rashica, cabeceou com perigo para fora.

Desfecho pós-jogo

E assim acabou o espetáculo de bola no Werserstadion, e com esse péssimo resultado, o Borussia vê o título mais perto, novamente, nas mãos do Bayern. O Bremen ainda têm chances de se classificar para uma competição europeia, para consagrar o bom trabalho do jovem Florian Kohfeldt.

VAVEL Logo