Felicidade e tristeza! O que os jogadores de Leipzig e Bayern falaram após final da Copa?

Felicidade e tristeza! O que os jogadores de Leipzig e Bayern falaram após final da Copa?

a Alegria de Neuer e Lewandowski depois da conquista bávara fez contraponto à

leo_silva997
Leonardo José

Este sábado foi dia de mais um título para o Bayern de Munique, o 19º da Copa da Alemanha. O triunfo bávaro foi sobre o RB Leipzig, por 3 a 0, em Berlim, consagrando novamente o clube da Baviera em 2018-19 — já que também foi campeão da Bundesliga. Por outro lado, a primeira final disputada pelos Rotten Bulles — fundados em 2009 — gerou lamentações de seus jogadores.

Confira a fala de alguns jogadores após o título bávaro:

Bayern de Munique

Sem poder ser diferente, os jogadores do clube do sul alemão demonstraram muita felicidade. O treinador Nico Kovac elogiou a atuação de Neuer, que voltou de lesão e foi crucial ao fazer três grandes defesas.

Nico Kovac (treinador do Bayern): "É óbvio que estou encantado. Leipzig tornou a vida muito difícil para nós e não nos permitiu muitas oportunidades. Como o jogo prosseguiu, encontramos melhores soluções. Gostaria particularmente de parabenizar Manuel Neuer, sua performance foi sensacional".

(Foto: reprodução / bundesliga.com)
Momento em que Neuer defende chute de Forsberg à queima-roupa (Foto: reprodução / bundesliga.com)

Manuel Neuer (goleiro e capitão do Bayern): "Estava muito motivado para jogar de novo. Era algo muito próximo estar pronta a tempo da final. A forma como foi para mim e para nós, o roteiro, por exemplo, não poderia ter sido melhor escrito. Robben e Ribery foram jogadores importantes durante anos, sem eles não teria sido capaz de ganhar este título hoje."

Robert Lewandowski (atacante do Bayern): "Jogamos muito bem e merecemos vencer. Estou muito feliz por ter ganho o troféu novamente."

RB Leipzig

Do lado nem tão vitorioso da finalíssima de Berlim, os atletas de Leipzig alternaram o discurso entre a felicidade de terem feito uma boa campanha e a frustração pela derrota na decisão.

Peter Gulasci (goleiro do Leipzig): "É claro que estamos muito desapontados. Nos primeiros 30 minutos jogamos muito bem; fomos agressivos. Mas devíamos ter aproveitado as nossas oportunidades. Foi a nossa primeira final. Isso não é fácil de lidar. Vai levar alguns dias. O que nossos torcedores fizeram, nos motivando — fantástico! No geral, podemos nos orgulhar de nós mesmos."

Goleiro Gulasci saudando a torcida do RB em Berlim (Foto: reprodução / RB Leipzig)
Goleiro Gulasci saudando a torcida do RB em Berlim (Foto: reprodução / RB Leipzig)

Yussuf Poulsen (atacante do Leipzig): "Nós não aproveitamos ao máximo nossas chances no primeiro tempo e depois sofremos na correria do jogo. O Bayern aproveitou suas oportunidades, nós não. É difícil ter orgulho de você mesmo, especialmente quando acabou de perder uma final, mas tenho certeza de que nos sentiremos orgulhosos em algum momento."

Ralf Rangnick (treinador do Leipzig): "Ficamos muito desapontados porque não devíamos ter perdido o jogo. Éramos a equipe dominante nos primeiros 30 minutos, mas não conseguimos assumir ficar à frente do placar. Depois sofremos um gol e nossas cabeças caíram um pouco. Nós criamos três chances claras, mas não convertemos nenhuma delas e isso torna as coisas difíceis contra o Bayern. Foi um jogo equilibrado na maior parte, o que torna a perda ainda mais difícil."

Assim, o Bayern de Munique conquistou sua 19ª DFB Pokal, e pela 12ª vez fez a dobradinha alemã, ganhando a liga e a copa nacional. O Leipzig foi guerreiro e fez história ao chegar em sua primeira decisão e termina a temporada com saldo moral positivo.

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo