Deu zebra! Valencia derrota Barcelona e consquita oitavo título da Copa do Rei 
Foto: Reprodução/Valencia

Deu zebra! Valencia derrota Barcelona e consquita oitavo título da Copa do Rei 

Valacentistas decidiram no primeiro tempo e apesar do tento sofrido, seguraram o resultado

izabellefranca
Izabelle França

É octacampeão! O Valencia conquistou o título da Copa do Rei ao Barcelona, por 2 a 1, neste sábado (25), no estádio Benito Villamarín. Os gols do triunfo foram marcados por Gameiro e pelo hispano-brasileiro Rodrigo. Messi descontou para os culés na etapa final.

Com o título, os Ches quebram um jejum de 11 anos e ainda tira o monopólio da equipe blaugrana, que levou o troféu por quatro temporadas seguidas.

Valencia aproveita um Barcelona apagado

A partida se iniciou com o Barça indo para o ataque, e o Valencia fechando os espaços. Contudo, o primeiro lance de perigo veio com os Che. Aos 4', Lenglet saiu jogando errado, Rodrigo aproveitou e carregou livre em direção ao gol.  O atacante saiu de Cillessen e bateu rasteiro, Piqué chegou a tempo e salvou a pátria. Aos 20', Gabriel Paulista cruzou na esquerda, Gayá driblou alba e rolou para Gameiro, que mandou uma bomba.

Dificultando os espaços da equipe da Catalunha, os valacentistas ampliaram o placar doze minutos depois. Soler recebeu passe em profundidade, chegou à linha de fundo e alçou na área. Rodrigo desviou de cabeça.  Na reta final, os culés chegaram com perigo em duas oportunidades. Messi arrematou forte na entrada da área, Doménech pulou no canto e fez boa defesa. Em sequência, o camisa 10 foi desarmado. Rakitic bateu cruzado e o goleiro salvou novamente.

Culés acordam, mas os valacentistas faturam o título

Com o resultado adverso, o Barcelona foi para cima dos Che no recomeço da partida. Aos 55', Messi tabelou com Malcom, se livrou na marcação e arremotou com a canhota, mas a bola foi morrer na trave. O time de Valência tentou dá resposta através do contra-ataque de Soler. O meia fez lançamento da linha de fundo, Gameiro tenta chegar, contudo, a defesa blaugrana afasta.

Aos 72', Malcom cobrou escanteio, Lenglet manda de testa, Doménech  salva. No rebote, Messi aparece livre empurra para o fundo das redes. Logo em seguida, um bate e rabate na área quase deixou tudo igual. Arturo Vidal ficou cara a cara com o arqueiro, mas mandou para fora. Já nos acréscimos, Gonçalo Guedes partiu em velocidade, e na mesma situação do chileno, acabou perdendo a chance de ampliar.

VAVEL Logo