Para espantar a insegurança, Argentina estreia na Copa América diante da Colômbia
Foto: Divulgação/AFA

s seleções de Argentina e Colômbia se enfrentam na noite deste sábado (15), às 19h, na Arena Fonte Nova, em jogo válido pela primeira rodada da fase de grupos da Copa América Brasil 2019. Os hermanos tentam acabar com um jejum que já dura 23 anos sem títulos, enquanto os colombianos tentam surpreender a equipe comandada por Messi.

Scaloni poupa jogadores no treino e confirma a escalação

O técnico da Seleção Argentina, Lionel Scaloni, resolveu poupar alguns jogadores da parte final do último treino antes da partida. Entre os atletas estão Messi, Aguero e Di María. Mesmo assim. camisa 10 do Barça está confirmado para o embate de logo mais. A equipe treinou em Salvador, sob forte calor, e a imprensa não teve acesso à maior parte da atividade.

"
Se cada um fizer o que faz no clube, teremos uma boa equipe. Pedimos a todos muita mobilidade e trabalho com a bola, jogar o mais rápido possível para causar dano ao adversário. Pode ser 4-3-3, 4-2-3-1, 4-14-1... Podemos variar muito. São jogadores versáteis e isso é importante", comentou.

A equipe titular deve ser:
Armani, Saravia, Otamendi, Pezzella, Tagliafico, Guido Rodríguez, Paredes, Lo Celso e Di María; Messi e Agüero.

Scaloni foi questionado sobre a pressão que o jejum de títulos da seleção exerce sobre seu elenco. Para ele, o mais importante é que o torcedor se sinta representado.

"Tivemos grandes dias juntos, a convivência foi espetacular, e esperamos que esses garotos desfrutem o momento, pois o futuro não sabemos. E se cairmos? E se não ganharmos? É inútil pensar assim. Gastamos energia, não queremos isso. Essa seleção chegou na final das duas últimas Copas Américas, não é pouco, por pouco não ganhamos. Estamos aqui para mostrar que esses jogadores podem usar essa camisa, mas o resultado depende de muita coisa. O mais importante é honrar a camisa e que a torcida se identifique com essa seleção", disse.

Falcão García e sua última chance de título com a seleção

A Seleção da Colômbia tenta repetir o feito histórico de 2001, quando venceu a Copa América, em casa, sem tomar sequer um gol, vencendo Peru, Honduras e México. A principal estrela da equipe, o atacante Falcão, revelou em entrevista coletiva que acredita que esta seja a última chance desta geração levantar um caneco.

"
Esta pode ser a última chance de um título, sim. A vida de jogador de futebol é assim: tem de treinar como se sempre fosse a última chance de fazer algo melhor. Cada um, então, tem de dar 110% para conseguir realizar o sonho de ser campeão”, disse.

A provável escalação da Colômbia é: Ospina; Arias, Sanchez, Mina, Tesillo; Cuadrado, Barrios, Uribe; Rodriguez, Falcao, Muriel.

VAVEL Logo