Não deu! Messi chama o jogo, mas vê sua seleção sucumbir diante da Colômbia
Foto: divulgação/AFA

Bem marcado, Lionel Messi, mais uma vez, não consegue fazer a diferença para sua Seleção. Facilmente dominada pela Colômbia, a Argentina foi derrotada por 2 a 0 na estreia pela Copa América, na Arena Fonte Nova, em Salvador. A decepcionante atuação da equipe de Lionel Scaloni acabou refletindo no futebol do camisa 10.

A ideia do técnico foi ir a campo no esquema 4-2-1-3. Assim, Messi ficou posicionado no lado direito, compondo o setor de ataque com Agüero e Di María. Além do capitão, os dois também não tiveram uma noite inspirada e acabaram sendo substituídos. No decorrer do jogo, o craque chegou a trocar de posição com Lo Celso, mas a mudança tática não alterou o rendimento abaixo do esperado.

Primeiro tempo ofuscado

Messi teve sua primeira participação na partida logo aos 3 minutos, quando recebeu pelo lado direito e conseguiu um escanteio ao chutar a bola na marcação. O próprio camisa 10 foi encarregado para a cobrança, mas o jogo aéreo da Argentina não funcionou.

Pouco tempo depois, o capitão fez seu único lançamento na partida ao acionar Agüero no ataque. Após esse lance, as participações de Messi diminuíram, fruto da excelente marcação exercida pela Colômbia. Restou ao craque tentar buscar a bola no campo de defesa e assistir ao domínio da equipe de Carlos Queiróz sobre a Argentina.

Até tentou, mas não deu

Parecia que a Argentina tinha retornado diferente. A equipe Albiceleste começou o segundo tempo no ataque. Messi invadiu a área, com direito a uma bela caneta em Sánchez, mas a progressão individual do craque parou na proteção da defesa colombiana.

Mais ativo em campo, o capitão arriscou um chute que passou por cima do gol de Ospina. Em seguida, foi parado com falta dura cometida por Cuadrado. Ele mesmo bateu, mas o goleiro colombiano estava bem posicionado e defendeu sem dificuldades.

Foto: divulgação/AFA
Foto: divulgação/AFA

Na sua oportunidade mais clara de gol na partida, Messi aproveitou o rebote de Ospina na cabeçada de Otamendi e, também de cabeça, chegou a concluir, mas a bola saiu à esquerda do goleiro colombiano.

Depois de ver Roger Martínez abrir o placar do jogo com um golaço, o camisa 10 tentou chamar a responsabilidade para fazer a diferença, mas continuou esbarrando na forte marcação imposta pela Colômbia. Antes de Duván Zapata dar números finais ao confronto, Messi ainda cobrou uma falta que, mais uma vez, parou nas mãos de Ospina e seguiu apagado em campo.

Números

Lionel Messi concluiu a estreia na Copa América com 32 passes, três finalizações e um único desarme. O craque sofreu 4 faltas na partida e conseguiu efetuar apenas um drible sobre a forte marcação da Colômbia.

O que esperar?

Na próxima quarta-feira (19), às 21h30, no estádio Mineirão, a Argentina volta a campo para enfrentar o Paraguai pela segunda rodada da competição. A obrigação de uma vitória aumenta ainda mais a expectativa por uma boa atuação de Lionel Messi, pressionado pela torcida para a conquista do título com a camisa da Seleção Albiceleste, já que a última conquista da equipe foi a Copa América 1993.

VAVEL Logo