Cavani e Suárez, a dupla que decide para o Uruguai
(Foto: Divulgação / AUF)

Uruguai e Equador estrearam pelo Grupo C da Copa América no Mineirão, em Belo Horizonte. Quem saiu feliz foi o torcedor uruguaio, após Lodeiro, Cavani, Suárez e Mina (contra) fecharem o placar em 4 a 0 para a Celeste. Muito se esperava da dupla de ataque, já que os dois lideraram seus times – PSG e Barcelona – na conquista de seus respectivos campeonatos nacionais. Juntos, Cavani e Suárez marcaram 48 gols na temporada.

Mesmo com a promessa de bom jogo e a oportunidade de assistir grandes craques do futebol mundial, a partida no Mineirão teve um público baixo, com apenas 13 mil pessoas, com o setor mais barato custando em torno de R$130. Porém, quem decidiu gastar essa bagatela acabou sendo recompensado.

A equipe comandada pelo técnico Oscar Tabárez conseguiu se impor desde o início, marcando logo cedo com Lodeiro, aos cinco minutos da primeira etapa. Os gols de Cavani e Suárez vieram ainda no primeiro tempo, aos 33 e aos 44 minutos. O quarto gol veio no segundo tempo, quando Mina jogou contra a própria meta e fechou o placar.

A boa estreia deixa um ar otimista para a Celeste, que já começa a competição liderando o Grupo C.

"Acredito que o Uruguai tem time para lutar em todas as partidas. Seguiremos trabalhando. Somos conscientes que temos uma equipe mesclada, de jogadores com mais experientes e outros que fazem parte da renovação. Estamos prontos para lutar em todas as partidas, vamos seguir nesse caminho", disse Cavani.

Suárez falou em mesmo tom, e preferiu colocar os pés no chão.

"Não temos que mudar a ambição e esperança que temos, de qual é objetivo. O importante é que tivemos um bom rendimento para sair com os três ponto", comentou Luisito.

Agora, o Uruguai se prepara para encarar o Japão, na próxima quinta-feira (20), às 20h, pela segunda rodada do Grupo C.

VAVEL Logo