E os peruanos do Brasil? Trauco, Cueva e Guerrero pararam na marcação venezuelana
(Foto: Divulgação/ FPF)

A estreia do Peru na Copa América não foi como seus torcedores imaginavam. Na Arena do Grêmio, no último sábado (15), a Blanquirroja empatou com a Venezuela, 0 a 0, mesmo tendo um jogador a mais na reta final da partida. Dos que atuam no Brasil, Trauco (Flamengo), Cueva (Santos) e Guerrero (Internacional) tiveram atuações distintas, mas discretas.

O jogo

(Foto: Divulgação/ FPF)
(Foto: Divulgação/ FPF)

A primeira chance criada foi aos 15, após contra-ataque puxado por Farfán, Cueva recebeu com muito espaço, mas arriscou de canhota, e a bola saiu torta, pela linha de fundo. Antes, aos 14, Trauco buscou Guerrero na área, mas González afastou a bola da área.

Aos 27, o meia recebeu uma pancada, tentou continuar mas deixou a partida sete minutos depois. O camisa 9 sofreu com a boa marcação venezuelana, e só apareceu pela primeira vez aos 30, quando tocou para Advíncula parar em Fariñez. Aos 36, recebeu um lindo lançamento do lateral, cortou o zagueiro no domínio mas o chute subiu demais. Antes do intervalo, a estrela peruana cobrou falta com muita categoria e o goleiro da Vinotinto foi buscar no cantinho.

A ligação direta foi bastante utilizada pelo Peru no segundo tempo, buscando Guerrero. Além de bem marcado, Paolo não estava em uma boa tarde na parte técnica, errando mais do que o habitual. A expulsão do lateral Mago deixou os peruanos com um a mais a partir dos 28 minutos.

(Foto: Divulgação/ FPF)
(Foto: Divulgação/ FPF)

Quatro minutos depois, Fariñez fez dois milagres, após finalizações de Flores e Guerrero, mas o camisa 9 já estava em impedimento. A seleção comandada por Gareca insistiu, mas o empate sem gols persistiu até o apito final em Porto Alegre.

O próximo compromisso do trio peruano será na terça-feira (18) às 18h30, contra a Bolívia, no Maracanã. Com 1 pontos, a Blanquirroja pode encaminha a classificação, pelo menos entre os terceiros, em caso de vitória.

VAVEL Logo