Mesclando gerações, Chile e Japão fecham primeira rodada da Copa América
(Foto: Reprodução / FCF)

No fechamento da primeira rodada da fase de de grupos da Copa América 2019, Chile e Japão se enfrentam no Morumbi, em São Paulo, pelo Grupo C. A bola rola às 20h, e para não deixar o Uruguai isolado na liderança da chave por te vencido o Equador, tanto os latinos quanto os asiáticos estreiam já precisando dos três pontos.

Chile com problemas

Atuais bicampeões da competição, os chilenos passam por momento de reformulação no elenco. Reinaldo Rueda, treinador ex-Flamengo, fará seu primeiro jogo numa competição oficial pela La Roja. A missão de Rueda é fazer a transição dos medalhões do elenco, como Vidal, Alexis Sánchez e Gary Medel, para com os mais novos, exemplo de Maripán, Pulgar e Sagal.

Elenco chileno treinou no Morumbi (Foto: Carlos Parra / ANFP)
Elenco chileno treinou no Morumbi (Foto: Carlos Parra / ANFP)

Nas vésperas da partida desta segunda-feira (16), o treinador disse em coletiva de imprensa, que sua equipe não está no melhor momento. Além da transição de gerações, o Chile também tem preocupações com lesões. Alexis Sánchez se recuperou recentemente de lesão no joelho, logo não deve atuar os 90 minutos, e Nicolás Castillo segue em recuperação de lesão muscular — os dois sã atacantes.

"Gostaríamos de chegar com os jogadores em outro nível. Estamos cientes de que tivemos dificuldades com nossos jogadores devido a decisões ou lesões. Há uma porcentagem considerável de jogadores vitais que não estão no seu melhor nível. Há alguns que terminaram (a temporada) há mais de um mês e outros com semanas de preparação diferentes. Tudo isso influencia no torneio. Eu queria que todos fossem titulares e viessem com um nível excelente. Essa é a tarefa: tentar harmonizar", disse Rueda.

PROVÁVEL ESCALAÇÃO DO CHILE: Arias; Isla, Medel, Maripán e Beausejour; Pulgar, Aránguiz e Vidal; Fuenzalida, Vargas e Sánchez. Técnico: Reinaldo Rueda.

Japão com a joia

Seleção convidada pela Conmebol, o Japão é atual vice-campeão da Copa da Ásia, perdendo para o Catar na final. O treinador Hajime Moriyasu terá todo seu elenco à disposição: Takumi Minamino, do Salzburg-AUT, Maya Yoshida, do Southampton-ING, Yuya Osako, do Werder Bremen-ALE e Shinji Okazaki, do Leicester-ING são os jogadores mais importantes dos Samurais.

Treino japonês no CT do Palmeiras (Foto: Reprodução / JFA)
Treino japonês no CT do Palmeiras (Foto: Reprodução / JFA)

Além do quinteto, Takefusa Kubo também foi convocado sob holofotes. O meia tem 18 anos, já atuou na base do Barcelona e, na última semana, foi contratado para jogar no time B do Real Madrid.

"Ele é super jovem, super sincero e em relação a esses momentos com a mídia, ele não tem muita experiência. Para nós que somos do time, do pessoal mais veterano, com o Staff estamos buscando  ajudar ele e melhorar juntamente. Ele (Kubo) vai ser o futuro do futebol Japonês nós ficamos muito felizes com a presença dele", comentou Shibasaki, meio-campista experiente, que joga atualmente no Getafe-ESP, em coletiva no domingo (16).

PROVÁVEL ESCALAÇÃO DO JAPÃO: Osako; Tomiyasu, Ueda e Itakura; Nakayama, Shibasaki, Sugioka e Iwata e Nakajima; Kubo e Okazaki. Técnico: Hajime Moriyasu.

Arbitragem

Mario Díaz de Vivar será o árbitro da partida. Eduardo Cardozo e Dario Gaona são os auxiliares. Todo o trio é do Paraguai. Já o VAR será comandado pelo venezuelano Jesus Valenzuela.

Vale lembrar que você não perde nenhum lance de Chile x Japão ao vivo no Tempo Real da VAVEL Brasil!

VAVEL Logo