Villegas desaprova atuação da Bolívia, mas confia na classificação: "Vamos
tentar"
Foto: Reprodução/ FBF

Mais uma vez a Bolívia saiu derrotada na Copa América. Jogando contra o Peru no Maracanã. Em partida válida pela segunda rodada do torneio, a equipe perdeu por 3 a 1 de virada, gols de Marcelo Moreno de pênalti, Guerrero, Farfán e Edison Flores.

Após a partida o técnico Eduardo Villegas concedeu entrevista coletiva e destacou a falta de atenção da equipe em ambas as derrotas na competição, mas ainda tem esperanças na classificação da Bolívia à próxima fase.

"Como estamos falando de uma seleção em construção, teremos que avaliar erros, falta de atenção e a inexperiência em situações decisivas. A tranquilidade vem através do rendimento do primeiro tempo, que não foi consolidado no segundo. Mais do que psicológico. A atenção e a concentração exigidas são importantes nesses minutos mais difíceis. Essa Copa América tem o componente de, considerando os resultados, ter a chance de optar por uma possibilidade de classificação. Vamos tentar."

Villegas também falou sobre a renovação do elenco boliviano e porque esta mescla de juventude e experiência ainda não deu certo na equipe.

"Me refiro à zaga central. Por dez anos, jogaram outros. Estamos nessa renovação. Estamos introduzindo jogadores novos, como Raúl Castro, Leonardo Vaca... Esse processo é gradual. Não podemos fazer uma limpeza total."

A boa partida de Paolo Guerrero também foi assunto durante a entrevista. Perguntado sobre o atacante do Internacional, o técnico boliviano ressaltou que a equipe não poderia deixar espaços para o camisa nove jogar.

"Não se pode dar espaço a um jogador com as características de Guerrero. Tivemos uma distância na marcação, e no futebol não podemos dar essa distância."

Marcelo Moreno, autor do único gol boliviano na Copa América, também falou após o jogo sobre o bom primeiro tempo da equipe, mas lamentou a queda da equipe.

"Tivemos um excelente primeiro tempo, chegamos pelas laterais e talvez nos faltou clareza. Fomos surpreendidos pelo Peru no segundo tempo, porém a equipe deixou tudo no campo de jogo."

Agora, a Bolívia concentra toda sua atenção para a última rodada contra a Venezuela, que acontecerá no sábado (22), às 16h, no Estádio do Mineirão. Apenas a vitória pode colocar a equipe nas quartas de final do torneio continental e também a combinação de resultados dos outros grupos, já que os dois melhores terceiros colocados avançam para a próxima fase.

VAVEL Logo