Análise: Colômbia é candidata ao título?
Foto: Divulgação / FCF

tA Colômbia está classificada para as quartas de finais da Copa América! A classificação que já havia sido encaminhada após vitória sobre a Argentina na estreia, se consolidou nesta quarta-feira (19), com o triunfo diante do Catar, por 1 a 0.

Em nítida fase de consolidação no futebol continental, a atual geração colombiana conta com nomes que já foram ou são destaque do futebol mundial, como Falcão Garcia, Cuadrado e James Rodríguez.

Diante da "bagunça tática" que é a seleção argentina, a Colômbia, nas palavras de seu próprio treinador, Carlos Queiroz, 'soube sofrer'. Aniquilando Messi e companhia, foi competente para liquidar o adversário na segunda etapa.

Contra o Catar, um cenário diferente. Sem carregar a responsabilidade por um resultado positivo, os árabes montaram um ferrolho no Morumbi, que só foi batido depois de muita insistência. James Rodríguez deu a sua segunda assistência na competição e Duván Zapata o seu segundo tento.

É candidata, sim!

Com setores equilibrados, destaca-se sobretudo a linha de frente colombiana, que é onde se encontram os jogadores de maior qualidade da equipe comandada por Carlos Queiroz. Além de ter em Zapata o quarto jogador que mais finalizou até aqui, com seis chutes. A equipe também é a terceira colocada dentre as que mais finalizaram na competição, somando 27 finalizações — atrás apenas de Brasil (36) e Peru (31).

Além de demonstrar um grande poder de infiltração, com 17 finalizações originadas de dentro da aérea adversária (mais da metade do total de 27 chutes), outro dado que chama atenção é o número de passes trocados, foram 902 até aqui. Estatística que deixa a Colômbia atrás apenas do Brasil no quesito, já que a equipe de Tite tem 1.244 passes trocados.

Numa Copa América com nível técnico bem abaixo do que se esperava, a boa e madura seleção colombiana figura, sim, entre as candidatas ao título. Certamente não na mesma prateleira que a uruguaia — a única que vem demonstrando um algo mais até aqui —, mas correndo por fora.

Mesmo sem o peso das mesmas, os colombianos, hoje, figuram acima da Seleção Brasileira e até mesmo da Argentina, a qual já foi derrotada pelos tricolores na competição.

VAVEL Logo