Bolívia e Venezuela decidem futuro na Copa América no Mineirão
Foto: Divulgação / FVF

Terceiro e quarto colocados no Grupo A, a chave do Brasil, Bolívia e Venezuela darão a vida para seguirem na Copa América 2019 e avançarem à fase de oitavas de final. As equipes se enfrentam neste sábado (21), às 16h, no Estádio Mineirão - em Belo Horizonte (MG).

Para chegar à próxima fase, apenas a vitória interessa aos bolivianos, que ainda não pontuaram no grupo e podem seguir na competição desde que sejam os melhores entre os terceiros colocados gerais, o que significa que terão que contar com a sorte e secar adversários em baixa nos Grupos B e C para conseguirem o feito.

No caso da Venezuela, que também deve ganhar para classificar-se em segundo lugar e tem 2 pontos ganhos, os três pontos devem vir seguidos de uma vitória de Peru ou Brasil (ambos com 4 pontos). Ainda é possível que os venezuelanos garantam o primeiro lugar geral, contando com uma vitória por vários gols de sua equipe e um empate entre no outro jogo, o que os classificaria no saldo de gols.

Bolívia

Dentro de campo, a Bolívia fez sua preparação no estádio do América-MG, o Independência, antes de fechar-se para a concentração para a partida. O centroavante Marcelo Moreno, que conhece muito bem Belo Horizonte e principalmente o Cruzeiro, onde já jogou por vários anos, falou sobre a partida contra os venezuelanos:

“Para mim é uma alegria estar aqui, me sinto em casa. Os torcedores me recebem bem, abrem as portas para eu poder jogar meu futebol, mostrar meu talento. Sempre sou bem recebido. Amanhã (sábado) vai ser especial reencontrar com o torcedor do Cruzeiro, aqueles que vierem. Vamos tentar fazer o que sempre fiz no Mineirão, que são os gols”, disse.

Sabendo disso, o técnico Eduardo Villegas deve repetir o time que foi derrotado para o Peru por 3 a 1 na última rodada.

PROVÁVEL ESCALAÇÃO DA BOLÍVIA: Lampe; Diego Bejarano, Haquin, Jusino e Marvin Bejarano; Justiniano, Saucedo, Raúl Castro e Saavedra; Chumacero e Marcelo Moreno.​

Venezuela

​A Venezuela, comandada por Rafael Dudamel, deve ter duas mudanças na zaga e uma no meio-de-campo para enfrentar os bolivianos. Osorio deve entrar no lugar do zagueiro Chancellor, Hernández na vaga do suspenso Mago e Machis no lugar de Savarino.

PROVÁVEL ESCALAÇÃO DA VENEZUELA: Fariñez, Rosales, Osorio, Villanueva e Hernández; Moreno; Herrera, Rincón, Machis e Murillo; Rondón.

Arbitragem

Esteban Ostojich, do Peru, será o árbitro principal para o confronto. No árbitro de vídeo (VAR), o comando será do argentino ​Nestor Pitana.

VAVEL Logo