Com polêmica do VAR, Chile vence Equador e se garante nas quartas
Foto: Divulgação / Conmebol

O Equador enfrentou, nesta sexta-feira (21), o Chile pela Copa América, na Arena Fonte Nova. Mesmo com um erro do VAR, o Chile confirmou o favoritismo e venceu por 2 a 1, com gols de Fuenzalida e Alexis Sánchez.

Igualdade e o erro do VAR

O primeiro tempo começou com o Chile indo para cima e, logo aos sete minutos, abrindo o placar. Após cobrança de escanteio, a zaga equatoriana afastou, mas a bola sobrou para Fuenzalida, que aproveitou o rebote. O gol fez o Equador mostrar reação. Aos 25 minutos, Arias fez falta em Mendez dentro da área e o juiz assinalou o pênalti. Enner Valencia bateu e converteu. 

Aos 38 minutos, aconteceu um erro com o VAR. O goleiro Arias saiu da área e acabou derrubando Ibarra. O juiz não marcou nada no primeiro instante mas, depois do árbitro de vídeo chamar, marcou a falta e deu cartão para o goleiro. O VAR não pode ser usado para lances com falta. 

O segundo tempo começou parecido com o primeiro. O Chile buscava o resultado e conseguiu sair na frente novamente. Aos cinco minutos, Aránguiz faz belo cruzamento para Alexis Sánchez mandar para o fundo das redes. Dessa vez, o Equador não conseguiu mostrar poder de reação. 

Aos 44 minutos, Achilleri deixou o cotovelo no rosto do Vargas e foi expulso. 

Opostos

Com o resultado, o Chile assegura vaga na próxima fase e, se o Uruguai empatar, garante a primeira colocação. Já o Equador não tem nenhum ponto e tem uma situação mais complicada. 

VAVEL Logo