Fiorentina busca virada contra Chivas na abertura da International Champions Cup
Foto: Divulgação/Chivas

Na abertura da estrelada International Champions Cup, maior torneio amistoso do mundo, a Fiorentina derrotou de virada o Chivas Guadalajara por 2 a 1. Na noite desta terça-feira (16), os mexicanos saíram na frente com Eduardo López, mas Simeone e Sottil garantiram a vitória italiana no SeatGeek Stadium, em Bridgetown, nos Estados Unidos.

A primeira etapa foi muito movimentada de disputada na casa do Chicago Fire, com 16 finalizações, 16 faltas e três amarelos. Nove desses chutes foram da Fiorentina, que, apesar de menos posse de bola - 42% -, foi o time mais perigoso na partida, principalmente com o trabalho de Castrovilli e Venuti pela direita. Apesar do bom jogo da Viola, foi o Chivas que saiu na frente. Aos 25, com espaço pelo meio, Eduardo López arriscou de fora da área e contou com desvio em Ceccherini para enganar Dragowski e abrir o placar: 1 a 0.

No minuto seguinte, porém, Terzic bateu falta lateral com muita categoria e Simeone apareceu para tocar de cabeça e igualar o placar. Logo na sequência, o argentino quase virou a partida, mas parou em defesa incrível de Rodríguez. A virada quase veio aos 31. Eysseric deu grande passe em profundidade e Benassi apareceu para finalizar na cara do gol, porém o goleiro mexicano saiu bem e salvou outra vez.

Aos 33, Brizuela fez boa jogada na entrada da área e bateu colocado, mas a bola acabou desviando no braço de Terzic e o árbitro marcou pênalti duvidoso. Na cobrança, porém, Pulido bateu mal e Dragowski defendeu com certa tranquilidade e manteve o empate para o intervalo.

A Fiorentina voltou para a segunda etapa já com três mudanças, enquanto o Chivas, às vésperas de estrear no Campeonato Mexicano, deu mais tempo e entrosamento aos jogadores. Logo aos seis, Benassi recebeu ótimo lançamento de Cristóforo, saiu de frente para o goleiro e parou em ótima defesa de Rodríguez. Na sequência, Sottil bateu fraco, mas colocado no canto e virou o jogo em Chicago.

O técnico Vincenzo Montella viu seu capitão Benassi sair machucado após dividida forte com López. A partir da metade da segunda etapa, as duas equipes passaram a fazer várias alterações e o ritmo do jogo baixou, mas a Fiorentina continuou mais perigosa.  Aos 23, Zurkowski recebeu o pivô de Vlahovic e arriscou chute de canhota de fora da área, acertando a rede pelo lado de fora. Na sequência, Vlahovic dessa vez apareceu para finalizar após ótima assistência de Saponara e chutou forte de canhota, mas acertou a trave do Chivas - o sérvio ainda teve mais duas chances defendidas por Gudiño.

A chance mais clara do Chivas na reta final veio aos 33. Briseño recebeu cobrança de falta rápida, arriscou de longe em sua primeira participação no jogo e exigiu boa defesa de Dragowski. No fim, a Fiorentina conseguiu boa vitória, com alto volume de finalizações - 22 a 12 -, apesar de uma posse de bola menor que dos rivais - 54 a 46%.

As duas equipes voltam a campo pela ICC no sábado (20). O Chivas enfrenta o Benfica, às 17h, no Levi's Stadium, em Santa Francisco. No mesmo dia, às 19h, a Fiorentina joga contra o Arsenal no Bank of America Stadium, em Charlotte. Partidas no horário de Brasília.

VAVEL Logo