Guia VAVEL Bundesliga 2019-20: Schalke 04
Schalke 04 Oficial / S04

Guia VAVEL Bundesliga 2019-20: Schalke 04

Azuis reais buscam conquistar a tão sonhada vaga em competições europeias e apagar ano desastroso

beatrizfabbri
Beatriz Fabbri

A Bundesliga vai começar e a VAVEL Brasil preparou o guia dos principais times da temporada 2019-20 do Campeonato Alemão. Você terá acesso as principais informações sobre o Schalke 04, Borussia Mönchengladbach, Bayer Leverkusen, RB Leipzig, Borussia Dortmund e Bayern de Munique. 

Nesta edição do Guia VAVEL, saiba como vem o Schalke 04 e o que esperar da equipe.

Azul Real em busca de glórias

O clube, que representa a classe dos mineradores, foi fundado em 4 de maio de 1904, intitulado de Westfalia Schalke. Apenas em 1924 o nome FC Schalke 04 foi adotado. Mesmo com uma bela história, a equipe de Gelsenkirchen não comemora títulos há tempos. Perdeu posições no ranking de potências alemãs pelo baixo rendimento em partidas oficiais recentes. É conhecido mundialmente pelo forte trabalho na base que revela jovens talentos. A Pokal em 2010-11 e a Copa da UEFA de 1996-97 são as maiores conquistas.

O time possui sete títulos nacionais, último em 1957-58, todos conquistados na era pré-Bundesliga, portanto, ainda não constam em seu banco troféus da nova era. 

Treinador

Foto: S04 Oficial
Foto: S04 Oficial

David Wagner, contratado em maio de 2019, assumirá a cadeira principal e terá como objetivo número um garantir uma boa colocação este ano para os azuis, de preferência na zona de classificação da UEFA Champions League, além de mostrar um futebol de qualidade ofensiva excepcional, esquema tático utilizando peças do elenco, trabalhar no sistema defensivo e o mais importante: tornar realidade o sonho de títulos dos torcedores fanáticos.

Time em campo

Com o resultado negativo da temporada passada, a diretoria procurou trazer novas peças para compor o elenco, oferecendo mais escolhas para o treinador. Como é de praxe, também perdeu atletas. 

Para defender o gol, David tem o apoio do jovem Alexander Nübel, o capitão do time. O goleiro teve uma boa temporada em 2018-19 e provou que merece a braçadeira. Michael Langer deve ser reserva e o novato Markus Schubert, recém-chegado do Dynamo Dresden, também pode ser utilizado.  

Já para o setor defensivo, integram: Pablo Ínsua, Hamza Mendyl, Ozan Kabak, Matija Nastasic, Benjamin Stambouli, Jonjoe Kenny, Bastian Oczipka, Salif Sané e Jonas Carls. Jogadores com diferentes estilos mas que podem ser bem aproveitados em rodízios.

No meio campo, Alessandro Schöpf, os jovens Amine Harit e Weston McKennie, Omar Mascarell, Suat Serdar, Nabil Bentaleb, Konoplyanka, Nassim Boujellab e o veterano Daniel Caligiuri.

No ataque, estão disponíveis: Mark Uth, Benito Raman, Rabbi Matondo, Ahmed Kutucu, o experiente Guido Burgstaller, Fabian Reese e Steven Skrzybski. 

No primeiro jogo da temporada, contra o Drochtersen/Assel pela DFB Pokal, este foi o time titular. Na Bundesliga, a base será mantida, porém, o treinador deve mesclar peças chaves, jovens jogadores da base e novatos no elenco. 

Foto: Reprodução/S04
Foto: Reprodução/S04

Para ficar de olho

O goleiro Alexander Nübel, cria do Paderborn,  chamou atenção na temporada passada pela qualidade como titular do time azul. Com a braçadeira de capitão, vem para defender a camisa do time de mineradores e evitar saldo negativo. Esta pode ser a última temporada do jovem, já que é preterido por equipes rivais alemãs.

Alexander Nübel / @S04
Alexander Nübel / @S04

McKennie também surpreendeu os torcedores e a diretoria do clube, tendo seu contrato estendido. Com habilidade de sobra, velocidade e resistência no meio de campo, vai brigar por uma vaga na equipe principal e a permanência.

O jovem Kutucu é uma espécia de atacante geral, contando com velocidade, força física e habilidades na hora de marcar gol. Pode ser útil para o sistema ofensivo.

Jornada em 2018-19

A equipe entrou para o novo desafio como vice-líder da temporada passada ao comando de Domenico Tedesco (desde julho de 2017). A situação foi diferente. Mesmo com a tentativa de continuidade do trabalho do garoto promissor, o time não conseguiu uma boa campanha, apresentou falhas técnicas e brigou para não ser rebaixado para a segunda divisão. Ao mesmo tempo, disputou a UEFA Champions League e sofreu dez (agregado 10 a 2) gols do Manchester City pelas oitavas de final. O técnico não resistiu e Huub Stevens assumiu em março deste ano. O destaque vai para a vitória no Derby, o clássico contra o maior rival, o Borussia Dortmund, durante o segundo turno. Por 4 a 2, a equipe azul venceu no Signal Iduna Park de virada e impediu que a salva de prata fosse para o continente amarelo.

Foto: S04 Oficial
Foto: S04 Oficial

Ao final da temporada, o time terminou em 14ª posição na Bundesliga, com 33 pontos somados, longe da zona de classificação para competições internacionais. Na DFB Pokal, avançou até as quartas, mas foi eliminado por 2 a 0 pelo Werder Bremen.  

Estádio

Este ano, a Veltins Arena, casa do Schalke, completa 18 anos. Inaugurado em 2001, é o primeiro estádio alemão construído inteiramente com dinheiro privado. Tem a capacidade para 62.271 espectadores. Jogando em casa, os azuis mostram-se poderosos, já que contam com a festa da torcida que impressiona, cotada entre as maiores do país. Com arquitetura moderna, o estádio é único por todos os detalhes apresentados. Conta também com um duto que liga a casa em cervejarias, oferecendo a bebida para torcedores presentes.

Antes de ser construído, o Parkstadion era utilizado pelo clube para partidas oficiais, entre 1973 até 2001. 

Recebeu também partidas da Copa do Mundo de 2006, realizada na Alemanha e a a final da Liga dos Campeões da UEFA em 2004.

Veltins Arena
Foto: Veltins Arena Oficial

Expectativa para 2019-20

Nesta temporada, o Schalke 04 não aparece  no quadro de competições europeias, restringindo-se apenas a Bundesliga e a DFB Pokal. No campeonato nacional, o torcedor do azul espera uma vaga entre os quatro primeiros da tabela para garantir a classificação à UEFA Champions League 2020-21 ou, quem sabe, a Europa League. Na Copa da Alemanha, o objetivo é manter os pés no chão em jogos decisivas, se impor contra os rivais e chegar até a final.

O primeiro desafio no campeonato será contra o Borussia Mönchengladbach, neste sábado (17), às 13h30, no estádio Borussia-Park. 

VAVEL Logo