Lewandowski, Alcácer e quem mais? Os possíveis concorrentes à artilharia da Bundesliga
Foto: Divulgação/Bundesliga

Lewandowski, Alcácer e quem mais? Os possíveis concorrentes à artilharia da Bundesliga

Com base no faro de gols e rendimento na última edição, a lista conta com nomes conhecidos e outros em ascensão no futebol alemão 

paulo-alfaro
Paulo Alfaro

Bundesliga, a competição que reúne estádios lotados, bom futebol e partidas emocionantes já começou e, junto ao torneio, a possibilidade de muitos gols. No topo das expectativas para ser artilheiro, está o polonês Robert Lewandowski, dos bávaros. Porém, logo atrás, o espanhol Paco Alcácer, dos aurinegros, puxa a fila dos que podem parear com o atacante do Bayern de Munique. No mais, confira os principais perigos aos goleiros do Campeonato Alemão.

Robert Lewandowski – 30 anos

Não há dúvidas: Lewandowski é o principal candidato a liderar mais uma artilharia, isso porque o atleta permanece em excelente forma e seu histórico formidável na competição o garante como principal nome a ficar de olho. Trata-se do segundo maior artilheiro da Bundesliga, atrás apenas de Gerd Muller que esteve em ação nas décadas de 60 e 70, realizando incríveis 365 gols.

O polonês, por sua vez, aparece logo atrás, com 101 gols e artilheiro por quatro vezes (2013-14 - 2015-16 - 2017-18 – 2018 -19) – na primeira vez, atuava ainda pelo Borussia Dortmund, quando depois teve todo seu êxito ao Bayern de Munique.

*O jogador já realizou gols na atual Bundesliga: na estreia contra o Hertha Berlin em 2 a 2, marcou os dois pela equipe bávara, credenciando como único a marcar em estreia por 5 edições consecutivas.

Paco Alcácer – 25 anos

Vindo na temporada passada, Alcacer recuperou seu bom futebol com a camisa do Borussia Dortmund. Sua ascensão no Valencia, atraiu a contração do Barcelona e convocações para a seleção espanhola, no entanto, sem sucesso. Nos aurinegros, a atacante pôde fazer as pazes com as redes, sendo vice-artilheiro (18 gols), em boa parte sendo suplente e entrando na etapa final.

Não se sabe se o treinador Lucien Favre irá utiliza-lo de titular, tendo em vista um esquema simpatizado pelo suíço sem centroavante fixo, mas, minimamente, sua presença no segundo tempo é certa, de um atacante que mostrou na temporada passada a intimidade com o gol, mesmo atuando apenas parte do jogo.

Marco Reus – 30 anos

Também do Borussia Dortmund, Marco Reus foi eleito o melhor jogador alemão da última temporada, além de realizado 17 gols na Bundesliga - figurando entre as primeiras colocações de artilharia. Passado a impressão de livre das lesões, o alemão, símbolo de sua equipe e há 7 anos por lá, deu certo como ‘falso 9’ no esquema de Lucien Favre.

Caso o treinador repita tal função a Reus, sua aproximação com o arco adversário o possibilita, ainda com mais força, de lutar pela artilharia.

Timo Werner – 23 anos

Centroavante da Alemanha na Copa do Mundo de 2018, Werner migrou de desconhecido sem muito sucesso no Stuttgart de atleta titular de sua seleção e muito mercado na Europa, sendo responsável junto a outros bons atletas a elevar o patamar do Leipzig – hoje encarado com força relevante no futebol alemão

Na última edição, concretizou seus lances em gols por dezesseis oportunidades.

Wout Weghrost – 27 anos

Certamente, o holandês não é tão conhecido internacionalmente como os atletas à cima, mas é que Weghrost teve uma primeira temporada muito satisfatória na Alemanha, atuando pelo Wolfsburg, quando figurou com outros nomes na artilharia em quarto lugar, marcando 17 gols no torneio.

Weghrost chegou na temporada passada do AZ, e, agora, mais adaptado ao futebol do país, tem os requisitos de quem pode brigar junto a consolidados nomes pela artilharia.

Andrej Kramaric – 28 anos

Apesar de uma lesão que deve deixar fora por volta de um mês, não se pode desprezar a qualidade e o faro de gol a ponto de que Kramaric consiga se manter entre os principais goleadores. Atuando pelo Hoffenhein, ele vem de seguidas boas participações e número de gols na Bundesliga, já que nas últimas três edições marcou 15, 13 e 17 gols, respectivamente – este último valeu, assim como Weghost, a quarta posição na artilharia.

Também jogador de seleção croata, Kramaric estará em sua quinta Bundesliga com a camisa do Hoffenhein.

Kai Harvertz – 20 anos

Distante de ser um camisa 9, Havertz, o alemão mais valioso da Bundesliga, de 90 milhões de euros (R$ 401 milhões), provou na temporada passada que, mesmo com a pouca idade, já tem tamanho para encarar de frente figuras de maior rodagem.

Se fez indispensável colocá-lo entre os principais concorrentes, quando marcou na última edição também 17 gols.

Apostas: Mateta e Lukebakio

Se tivesse que apostar em dois nomes surpresas para fazer um bom campeonato em gols, seriam de dois jovens atletas. A começar por Jean Mateta, de 22 anos, atacante do Mainz 05. Com 11 gols no Campeonato Alemão passado, o francês deve voltar no final de outubro aos gramados, no entanto, caso retorne em boa forma, tem tudo para ir novamente bem e atrair o interesse de grandes clubes. Mateta chegou ao Mainz vindo do Lyon, na temporada passada (2018-19).

Lukebakio, belga de apenas 21 anos de idade, é a novidade do Hertha Berlin, após ter se destacado no Fortuna Dusseldorf e tido o interesse de grandes clubes como Borussia Dortmund. Pelo ex-clube, foram 10 gols.

Já na estreia, Lukebakio marcou seu primeiro pelo Hertha e também na Bundesliga 2019-20, contra nada menos que Bayern de Munique, em partida que terminou por 2 a 2.

Agora, passado uma temporada, a adaptação é mais um fator positivoa eles que já têm a técnica e boa mira à favor.

Outros bons nomes

Craques podem não estar, inicialmente, entre aqueles principais goleadores, mas, jamais podem ser esquecidos por suas qualidades – casos de Coutinho, Coman, Gnabry, Plea, Bailey, Rebic – no entanto, muitos destes se destacam por outros recursos que o tornam excelentes atletas, mas, tratando-se de jogadores desse patamar, não será surpresa uma boa média de gols.

VAVEL Logo