Em dia de Salah, Liverpool vence Arsenal em Anfield
Foto: Reprodução/Liverpool

Em dia de Salah, Liverpool vence Arsenal em Anfield

Egípcio marcou duas vezes e foi o terror de David Luiz; Aubameyang perdeu gol feito, mas Torreira diminuiu

izabellefranca
Izabelle França

O Liverpool fez a alegria de quem compareceu em Anfield. Os Reds venceram o Arsenal por 3 a 1, pela terceira rodada da Premier League. Os gols foram marcados por Matip  e Salah, duas vezes. Torreira descontou para os Gunners.

Foto: Reprodução/Liverpool   

A equipe do Noroeste da Inglaterra fez o seu papel de mandante. Pressionou e não deixou o adversário respirar nos minutos inciais. Contudo, o Arsenal acabou com o sufoco e deu o seu recado aos 10'. Adrián saiu mal. Aubameyang dominou no peito. Com o gol vazio, mandou para fora. 

Nove minutos depois, Mané roubou de Ceballos. O ponta-esquerda abriu espaço e arrematou. Leno conseguiu encaixar. Henderson  acabou com a troca de passes.  O meia escorregou e deu um contra-ataque de presente para Pepe.  O camisa 19 deixou Robertson na fina e chutou, mas o arqueiro dos Reds segurou.

Aos 38', Salah recebeu nas costas da marcação, fez o girou e bateu. A bola passou tirou tinta do travessão. Próximo do término do primeiro tempo, Alexander-Arnold cobrou escanteio. Matip subiu mais que a zaga e mandou de testa. 1 a 0. 

Foto: Reprodução/Liverpool      

O Liverpool ampliou com Salah logo na volta do intervalo. David Luiz puxou a camisa do egípcio de forma escancarada. Sem conseguir definir o lance, a arbitragem marcou pênalti. Ele mesmo foi para cobrança. Chutou no alto, sem chances para o goleiro alemão.

Tentando a reação, Pepe acionou Aubameyang. O atacante ficou sozinho com Matip, que fez o desarme.

Aos 14', Salah partiu em velocidade, deixou David Luiz comendo poeira. Invadiu a área, e arrematou colocado - fechando a conta dos mandantes.

O Arsenal apareceu mais na partida e utilizou os levantamentos como recursos. Após uma sequência indo para fora, o tento de honra saiu aos 40'. Aubameyang foi acionado e rolou em direção a Torreira. O volante foi travado na primeira, mas não desperdiçou a segunda oportunidade. 3 a 1.

VAVEL Logo