VAVEL Entrevista: a relação entre Kléberton e Walsall FC
Foto: Reprodução Walsall BR

A paixão pelo futebol internacional é algo cada vez mais comum para os brasileiros. Ano após ano é crescente o número de fãs do Liverpool, Manchester City, United, Chelsea, Arsenal e Tottenham, porém, longe dos maiores holofotes existe uma camada de torcedores que assumem a paixão por clubes quase desconhecidos em nosso país.

Apesar dos 131 anos e sua tradição em West Midlands, região central da Inglaterra, o Walsall FC é um clube de pequeno porte no país, que através de suas cores e seu símbolo coleciona torcedores, mas que ao final de 2018 atravessou fronteiras e foi parar em Jales-SP, mais precisamente, no coração de Kléberton Felix, de 34 anos, que administra a maior página brasileira de notícias do clube no Twitter, a Walsall BR.

Apelidado de The Saddlers, o Walsall historicamente frequenta as divisões inferiores da Inglaterra, tendo sua última aparição na Championship (2ª divisão) em 2003/04. Na última temporada, o clube foi rebaixado à League Two, equivalente a quarta divisão.

Nem mesmo as dificuldades vividas pelo time, afastaram a paixão de Kléberton, que aliás, se apegou de vez ao clube durante uma das fases mais complicadas. O dono da fan page conversou com a Vavel Brasil e explicou o motivo de sua paixão pelos Saddlers.

"Apaixonado pelo futebol, eu jogava muito Fifa no Xbox, e sempre tive maior atração por clubes menores. Atento à Premier League, costumava jogar em casa com meus amigos, sempre levando os pequenos às glórias. Certa vez eu descobri um time com as cores vermelha e branca, que tinha um escudo semelhante ao da minha cidade, e era o Walsall. De cara me identifiquei, e dali virei um torcedor, buscando conhecimento histórico, onde jogam, passei a ver as partidas, e por aí vai", disse Kléberton.

O torcedor revela que depois de conhecer mais do clube, passou a assistir os jogos. Sua primeira experiência foi 08 de dezembro do ano passado, numa partida em que o Walsall venceu o Coventry City por 2-1, de virada e com gol nos acréscimos. 

Apesar de pé direito, Kléberton sofreu com o rebaixamento do clube na última temporada, quando terminou a competição na 22ª posição e "de quebra", teve sua descida concretizada após uma derrota para o rival Shwresbury Town, clube com quem o Walsall rivaliza por causa da proximidade territorial.

Os Saddlers acumulam outros rivais como o Wolverhampton e West Bromwich, por serem também de West Midlands, porém, motivado pelas extensões territoriais, o Port Vale assim como o citado Shwresbury são os maiores adversários do Walsall nos últimos anos.

Kleberton mostra sua coleção de camisas, inclusive ganhando uma de presente de seu amigo inglês, com quem conversa diariamente, além de outros produtos do clube. Recentemente o torcedor enviou sua bandeira para a Inglaterra com a expectativa do clube colocá-la em sua casa, o Bescott Stadium.

Criador e Administrador da página desde novembro de 2018, a Walsall Brasil tem atualmente 1.185 seguidores, incluindo a conta oficial do clube. Notícias de jogos, transferências e demais informações são tweetadas diariamente por Kleberson, que coleciona elogios. A relação de sua page com o clube é bem aproximada, tendo até envios da programação de partidas enviadas ao torcedor.

Hoje ele afirma que seu objetivo é levar o nome do clube para o máximo de brasileiros. A paixão pelo clube é enfatizada com vigor em suas palavras. "Meu objetivo desde o início era levar o nome do clube no Brasil, muitas pessoas postavam que conhecei o clube após verem as minhas publicações, quando ouço isso me sinto muito feliz", destacou.

"Através do meu trabalho, faço com paixão e muita dedicação. Amo fazer parte disso", concluiu Kleberson.

VAVEL Logo