Com show de Ribéry e Chiesa, Fiorentina atropela Milan no San Siro
Foto: Divulgação/ACF Fiorentina

 dia inspirado de seu ataque, a Fiorentina conseguiu uma grande vitória diante do Milan por 3 a 1 no fechamento da sexta rodada da Serie A. Neste domingo (29), Pulgar, de pênalti, Castrovilli e Ribéry fizeram para a Viola, e Rafael Leão descontou, marcando seu primeiro com a camisa rossonera.

Com muita velocidade na frente, a Fiorentina começou a partida dando pouco espaço para o Milan e criando boas chances. Aos 10, Ribéry conseguiu passe em elevação para Chiesa, que ganhou de Hernández na velocidade e bateu no canto, mas parou em Donnarumma.

Aos 12, em grande jogada individual, Ribéry avançou para dentro da área deixando a defesa do Milan para trás, saiu na cara do goleiro e acabou parando em grande defesa de Donnarumma. No rebote, Chiesa acabou sendo derrubado por Bennacer e o árbitro marcou pênalti. Pulgar foi para a cobrança e deslocou o arqueiro para abrir o placar para a Viola.

fsfsafa
Pulgar (78) marcou seu terceiro gol de pênalti na Serie A (Foto: Divulgação/ACF Fiorentina)

Aos poucos, o Milan conseguiu equilibrar a partida e teve bem mais posse de bola - 64% na primeira etapa -, mas a Fiorentina continuou perigosa em jogadas de velocidade e contou com Chiesa e Ribéry em primeiro tempo inspirado. A melhor chance do time da casa foi aos 23. Depois de uma longa posse de bola do Milan no campo de ataque, Suso fez jogada individual e finalizou colocado de fora da área, mas Dragowski se esticou e espalmou.

A Fiorentina chegou a balançar as redes novamente aos 28, mas o gol de Castrovilli foi anulado por impedimento de Chiesa na origem da jogada. Apesar de mais presente no campo de ataque e de ter rondado a área rival, o Milan teve muitas dificuldades no último terço, teve Çalhanoglu pouco efetivo e Piatek muito impreciso. A Viola terminou com mais finalizações - nove a seis -, e dando a impressão de ser um time mais seguro até o intervalo.

O técnico Marco Giampaolo tentou um fôlego maior no meio-campo trocando Kessié por Krunic, mas o Milan sofreu duro golpe logo aos nove. Musacchio foi expulso após checagem ao VAR; zagueiro deu entrada forte na canela de Ribéry e árbitro trocou amarelo inicial pelo vermelho direto. O brasileiro Léo Duarte fez sua estreia entrando para recompor a defesa.

Com um a mais, a Fiorentina ficou ainda mais confortável e dominou o Milan totalmente. Aos 12, Pulgar recebeu na intermediária, bateu forte e exigiu boa intervenção de Donnarumma. Oito minutos depois, Milenkovic arrancou da defesa e conectou Chiesa, que cruzou fechado. Donnarumma interviu no meio do caminho, mas a bola sobrou para Castrovilli completar para o fundo do gol: 2 a 0.

djada
Cria das categorias de base, Castrovilli marcou primeiro gol como profissional pela Viola (Foto: Divulgação/ACF Fiorentina)

Aos 24, Castrovilli fez jogada dentro da área, limpou a marcação, mas Bennacer travou com falta e o árbitro marcou novo pênalti. Chiesa cobrou no canto direito, mas Donnarumma voou para evitar o terceiro gol da Viola. Mas a Viola não se abalou. Aos 30, Ribéry recebeu de Dalbert na entrada da área, limpou Léo Duarte e bateu de pé esquerdo, com desvio, e a bola passou por cima.

Dois minutos depois, em jogada individual, Chiesa limpou a defesa do Milan e tocou para Ribéry, que deixou Calabria e Léo Duarte para trás, e tocou com muita categoria no canto de Donnarumma para ampliar a vantagem viola com um golaço. O atacante francês foi aplaudido de pé pelos torcedores do Milan após o gol e novamente quando foi substituído.

O time da casa conseguiu descontar aos 34. Com ação de muita qualidade, Rafael Leão limpou três defensores e foi sozinho para invadir a área e tocar na saída de Dragowski para descontar em Milão. Este foi o primeiro gol do português com a camisa rossonera. A reação milanista, porém, parou por aí, e a Fiorentina administrou a grande vitória na casa do Milan, que foi muito vaiado ao fim da partida.

O Milan, que tem apenas seis pontos, está em 16º lugar, e volta a campo no sábado (5) contra o Genoa, fora de casa, às 15h45. No domingo (6), a Fiorentina, que está na nona colocação, com oito, joga em casa diante da Udinese, às 7h30.

VAVEL Logo