Dúvidas de Alfaro e certeza de Gallardo: o decisivo Boca Juniors x River Plate pela Libertadores
Foto: Reprodução/Conmebol

Chegou o grande dia na Argentina! A partir das 21h30 (horário de Brasília), um novo superclássico vai parar o país hermano por algumas horas. Boca Juniors e River Plate se enfrentam novamente em circunstâncias decisivas na mítica La Bombonera, algo que já não é tão novidade para o embate entre xeneizes e millonarios. Logo mais, a partida é válida pelo jogo de volta da semifinal da Copa Libertadores. Na primeira mão, o time vermelho e branco venceu seu rival por 2 a 0 no Monumental.

Os melhores momentos do primeiro jogo entre River e Boca teve domínio dos donos do Monumental de Núñez. Na ocasião, Rafael Borré e Ignacio Fernández marcaram para os mandantes.

Nós últimos 10 superclássicos, o Boca só venceu dois — ambos em 2017. De lá para cá, já houveram sete confrontos, sempre com vitória ou empate do River. Contudo, os millonarios têm seis triunfos, duas igualdades e só duas derrotas. Para logo mais, os xeneizes chegam em fase instável junto ao treinador Gustavo Alfaro, oscilando dentro do próprio futebol argentino. Em contraponto, o River segue em bom momento sob comando de Marcelo Gallardo.

Alfaro com incertezas nos onze iniciais

Treinador do Boca, Gustavo Alfaro chega para o confronto com a desvantagem de ter perdido na ida. Com várias dúvidas acerca dos onze iniciais, seja por lesão, nos casos de Wanchope Ábila e Carlitos Tévez, ou por baixos rendimentos, o técnico planeja algumas mudanças. A receita provável, com relação à primeira etapa, seria com Buffarini (LD), Salvio (VOL), Almendra (MEI) e Jan Hurtado (ATA).

Provável escalação do Boca: Andrada; Buffarini, Lisandro López, Izquierdoz e Mas; Salvio, Marcone, Almendra, Mac Allister; Tevez (Zárate) e Ábila (Hurtado). Técnico: Gustavo Alfaro.

Sequência do BJ: D - V - D - E - V - V - E.

Promessa de casa cheia (Foto: Reprodução/Conmebol)
Promessa de casa cheia (Foto: Reprodução/Conmebol)

Gallardo sem segredo

Para Marcelo Gallardo, o cenário é mais calmo e mais esperançoso. Além da vantagem obtida na primeira mão, a equipe está em um ótimo nível e tem todos os jogadores disponíveis. Embora durante a semana tenha sido especulada uma possível linha de três, acrescentando Paulo Díaz, não foi confirmada. O treinador já garantiu, em entrevista coletiva, que repetirá a mesma escalação que no jogo de ida.

Provável escalação do River: Armani; Pinola, Casco, Martínez e Montiel; Enzo Pérez, Ignacio Fernández, Palácios, De La Cruz; Suárez e Borré. Técnico: Marcelo Gallardo.

Sequência do RP: E - V - V - V - V - D - V.

Arbitragem

O principal árbitro do encontro será o brasileiro Wilton Pereira Sampaio. Fabricio Vilarinho (BRA) e Rodrigo Correa (BRA) serão os assistentes. Víctor Carrillo (PER) atua como quarto árbitro. Já o VAR será controlado pelos argentinos Mauro Vigliano, Fernando Rapallini e Hernán Maidana, enquanto o observador será o chileno Carlos Astroza, tudo sob o olhar atento do paraguaio Enrique Cáceres, que será o consultor internacional da decisão hermana.

Assista AO VIVO

Acompanhe cada lance do superclássico argentino AO VIVO, na VAVEL Brasil: Jogo Boca Juniors x River Plate AO VIVO online pela Libertadores 2019

VAVEL Logo