Cobiçado na Inglaterra, meia Gedson Fernandes é contratado pelo Tottenham
Foto: Reprodução Tottenham Hotspur F.C.

A primeira contratação do Tottenham Hotspur em 2020 vem de Portugal. Gedson Fernandes, de 21 anos, deixa o Benfica e já está em Londres, onde realizou exames médicos nesta manhã de quarta-feira (15) e assinou contrato válido por empréstimo nos próximos 18 meses, com opção de compra ao final, com valor fixado em 43 milhões de libras.

Com a família já residindo na Inglaterra, o meia falou com a Spurs TV durante sua chegada ao CT do Tottenham. "Este é um desafio fantástico que aceitei e tenho que vencer o meu desafio. Eu quero fazer coisas boas, vamos ver", Disse Gedson.

Cobiçado na janela de transferências após se destacar como meio-campista do Benfica, Gedson explica que sua preferência pela Inglaterra tem como destaque a proximidade com José Mourinho, além de João Sacramento e Nuno Santos, estes dois últimos, auxiliar técnico e preparador de goleiros, respectivamente, que trabalharam com amigos do jogador nos tempos de Lille, na França.

Sobre sua família que já estava na Inglaterra antes mesmo do acordo com o clube londrino, Gedson fala que sua adaptação será mais fácil, por estar mais próximo de seus familiares.

“É uma história difícil. A minha família veio a Londres porque em Portugal o trabalho é muito difícil e é muito difícil encontrar trabalho. Eles não tiveram uma vida brilhante, mas têm uma boa vida aqui e essa é mais uma motivação para eu estar aqui hoje. Sim, eles vão me ajudar a me instalar aqui".

Gedson se apresenta ao Tottenham com um inglês apurado, e ainda que fale a mesma língua de seu treinador, a promessa afirma que buscará referências de jogadores que estão mais tempo na casa, como Moussa Sissoko e Eric Dier, seus primeiros contatos como jogador dos Spurs.

Especulado no Chelsea, West Ham e Manchester United, Gedson Fernandes foi contratado pelo Tottenham em um projeto que tem grande interferência do treinador português José Mourinho. O empréstimo será válido por 18 meses, com valor fixado em 43 milhões de libras. 

Com passagens pelas seleções de base lusitana, o meia também é opção para o seleto principal que jogará a Euro 2020. Apesar de nascido em São Tomé e Príncipe, Gedson é naturalizado português e soma duas partidas pela seleção portuguesa.

VAVEL Logo