Gamarra relata meta do New York Red Bulls em 2020: "ganhar a MLS Cup é o nosso principal objetivo"
Foto: Getty Images

Na última quarta-feira (13), Kaku Gamarra conversou com a VAVEL Espanha e debateu sobre diversos assuntos. O meio-campista argentino chegou ao New York Red Bulls (EUA), que disputa a Major League Soccer (MLS), em 2018 e tornou-se peça fundamental para a zona ofensiva da equipe. 

Nascido em Buenos Aires, Gamarra foi revelado pelo Huracán e ainda nas categorias de base foi comparado ao ex-jogador Ricardo Kaká. Este é o motivo de seu apelido "Kaku". Deve-se pela semelhança entre a forma de jogar entre os atletas. Portanto, converteu-se a uma das grandes promessas do futebol argentino.

Desde que chegou na franquia taurina, Kaku Gamarra marcou 11 gols, deu 20 assistências e disputou 61 jogos. Durante a entrevista, o jogador comentou as suas expectativas para a temporada norte-americana em 2020.

"Nesta pré-temporada, estamos tentando encontrar o bom jogo e ensinar aos novatos a filosofia do Red Bulls, na qual ganhar a MLS Cup será o nosso principal objetivo para este ano. Sempre jogamos bem, chegamos à semifinal ou final e nunca damos esse passo adiante. Acho que é uma questão de mentalidade e pensar que podemos vencer. Primeiro, precisamos nos concentrar na US Open Cup e depois tentar alcançar a MLS Cup. Acho que temos que melhorar mais nos Playoffs da MLS Cup. Por exemplo, tivemos uma grande diferença com o Philadelphia Union no primeiro tempo e tivemos que tirar vantagem disso. Eu acho que esses pequenos detalhes com os quais devemos melhorar para que a mesma coisa não ocorra novamente", disse.

Além de elogiar o desenvolvimento do principal campeonato dos Estados Unidos e Canadá, Kaku também analisou a presença de jovens atletas na MLS antes de partir para o mercado europeu.

"A MLS cresceu muito. Todo dia é melhor, muitos jogadores importantes vêm, e isso faz a liga crescer muito mais, e é vista em todas as partes do mundo. Acredito que cada equipe exigirá cada vez mais e isso será visto em todo o mundo. Acho que muitos jogadores agora preferem ir para a MLS antes da Europa porque é uma adaptação muito difícil de alcançar diretamente. Não é fácil jogar pela Europa e jogar diretamente no primeiro time. Vir para a MLS é muito útil. Eles treinam você para dar o próximo passo", opinou.

O New York Red Bulls estreia na Major League Soccer contra o Cincinnati (EUA) no dia 1º de março, às 15h (de Brasília), no Red Bull Arena

VAVEL Logo