Moussa Marega sofre racismo em jogo do FC Porto e reage: "Vá se f..."
Foto: Reprodução

Já está tornando algo normal e corriqueiro no mundo do futebol — e também na sociedade até — atos de racismo. Infelizmente, a tarde deste domingo (16) contou com mais um capítulo deste extrema idiotice humana. Em Portugal, o malinês Moussa Marega, atacante do FC Porto, foi a vítima mais recente.

Ele estava sendo o herói portista no triunfo de 2 a 1 sobre o Vitória, em Guimarães, com o gol decisivo marcado aos 60 minutos de jogo, até que dez minutos depois, o jogador se revoltou após ser insultado pela torcida adversária por causa da sua cor de pele. Racistas imitavam macacos, xingando o atleta africano.

Logo que os gritos criminosos começaram a ganhar mais tom em determinada parte da arquibancada, Marega fez gestos de negativo, repreendendo a ignorância alheia. Por esses gestos, o árbitro Luis Miguel Branco Godinho ainda deu cartão amarelo ao jogador. Confira o episódio no vídeo:

Treinador do FC Porto, Sérgio Conceição revelou pós-jogo que Marega foi insultado 'desde o aquecimento', só que o ato racista e criminoso se tornou mais visível após o seu segundo gol.

No Instagram, Marega criticou a arbitragem por levar o cartão amarelo e também respondeu às ofensas recebidas:

É inadmissível que coisas assim ainda aconteçam no Século XXI. Infelizmente, alguns seres — não humanos — seguem presentes e livres pelas ruas. Futebol português não é o primeiro e nem será o último a sofrer com tais atitudes repugnantes.

E o lado esportista do jogo fica em segundo plano, aliás, nem o citarei mais fundo aqui para não tirar o foco da principal fato do futebol mundial deste domingo (16).

A VAVEL Brasil e alguns times portugueses prestaram solidariedade ao Marega:

VAVEL Logo