Torcida do Bayern protesta contra investidor do Hoffenheim, e jogadores "contra-protestam"
Foto: Reprodução / Bayern de Munique

Estava indo tudo lindo para os visitantes na Rhein-Neckar-Arena. O Bayern de Munique vencia o Hoffenheim fora de casa  por 6 a 0, com gols de Gnabry, Kimmich, Zirkzee, Goretzka e dois de Philippe Coutinho. Quando aos 65', o jogo foi paralisado por conta do protesto que a torcida Ultra do Bayern fazia, contra um dos administradores do Hoffenheim, Dietmar Hopp.

A partida foi paralisada duas vezes durante o segundo tempo, por conta de uma faixa na torcida visitante que xingava Hopp, que é empresário e dono da SAP AG, uma das principais patrocinadoras do Hoffenheim. Após ver o protesto, todos os jogadores e comissão técnica dos bávaros foram até a torcida para pedir para que aquilo fosse retirado e o jogo voltasse. 

Após mais de 10 minutos, como a faixa não foi removida, os jogadores entraram em acordo. Em forma de protesto, eles ficaram até o tempo regulamentar da partida terminar tocando a bola um ao outro, sem sair do meio campo. Ao final da partida, os jogadores e comissão técnica entraram em campo com Hopp e o diretor foi homenageado com aplausos da torcida do Hoffenheim. 

VAVEL Logo