Borussia Dortmund diz não atrapalhar possível
saída de Sancho rumo à Inglaterra
Foto: Divulgação/BVB

Com exceção de Belarus, o futebol está paralisado praticamente no mundo todo por causa da pandemia do coronavírus. Ainda assim, os rumores sobre transferências na janela entre os meses de julho e agosto seguem a todo o vapor. Um dos principais alvos neste momento é o atacante do Borussia Dortmund Jadon Sancho. Aos 20 anos, informações dão conta de que o jogador é observado por clubes da Inglaterra, da Espanha, da Alemanha e da Itália. Embora diversas equipes tenham sinalizado interesse, ainda não há nenhum favorito na disputa.

Em entrevista ao portal britânico Sky Sports, o CEO do Borussia Dortmund, Hans-Joachim Watzke, deixou bem claro que a vontade do jogador será feita, embora deseje que Sancho permaneça em solo aurinegro e tenha explicado que, ciente de que haverá menos dinheiro colocado em jogo por causa da economia em baixa durante a crise do covid-19, não será qualquer proposta que vai tirar o atleta do BVB, cujo contrato vigora até junho de 2022.

“Sempre tem que respeitar o que o jogador quer. Já dissemos antes da pandemia do coronavírus que a nossa preferência é que ele permaneça conosco. Posso dizer claramente que, mesmo os clubes mais ricos, apesar da atual crise existencial, não devem pensar que podem obter uma pechincha de nós. Não precisamos vender ninguém abaixo do seu valor”, afirmou Watzke.

Jadon Sancho quer estar em alguma equipe que dispute a próxima edição da Uefa Champions League, mas concentra suas atenções atualmente em manter o Borussia Dortmund na briga pelo título da Bundesliga na reta final da temporada, ainda que não haja data definida para o reinício das atividades futebolísticas no Velho Continente. Como parte da venda de 8 milhões de libras para o clube germânico, o Manchester City tem uma espécie de prioridade e detém a possibilidade de igualar ou cobrir qualquer oferta que seja aceita para iniciar negociação.

VAVEL Logo