Apesar de goleada sofrida, técnico Adi Hutter enxerga pontos positivos no Eintracht Frankfurt
Adi Hütter, técnico do Eintracht Frankfurt | Foto: Divulgação/Eintracht Frankfurt

O Eintracht Frankfurt tinha um sério desafio ao encarar o Bayern de Munique na Allianz Arena em jogo válido pela 27ª rodada da Bundesliga. Apesar de não haver torcida, a força dos bávaros é algo que não se pode descartar. Ao fim das contas Bayern abriu 3 a 0, o Frankfurt encostou e marcou dois gols, mas vacilos da defesa foram fundamentais para que os donos da casa vencessem por 5 a 2. Hinteregger marcou os dois gols das Águias e ainda fez um contra. Goretzka, Thomas Müller, Lewandowski e Alphonso Davies balançaram as redes para os bávaros.

Na entrevista concedida após o encerramento da partida, o técnico Adi Hütter fez uma avaliação de seus comandados. Lamentou o resultado final, as chances perdidas e os erros defensivos que culminaram na goleada, mas aproveitou também para elogiar algumas eficiências. No geral, o comandante da equipe considerou o desempenho dos atletas como razoável, sem cenário destruidor.

“Cinco gols sofridos são demais e fomos responsáveis por um ou outro gol sofrido. Estou feliz com os dois gols marcados por Hinteregger e acho que demonstramos um desempenho decente no geral. Podemos aproveitar isso, mesmo se não ganharmos pontos. Tentamos jogar de uma maneira taticamente disciplinada e a equipe implementou isso em grande parte. Mas cochilamos e não ocupamos bem a defesa. Após o 3 a 0, ninguém esperava que fizéssemos alguma coisa. Nós não desistimos, fomos até o fim. Filip acertou a trave, Mijat teve grande chance. Agora, encontramos adversários que nós vemos como iguais e nós temos que marcar”, explicou o técnico.

O volante Rode reconheceu que o momento do Bayern de Munique é completamente diferente e superior do Eintracht Frankfurt e destacou que poderiam ter conquistado algo mais se algumas falhas não ocorressem, embora não tenha criticado nenhum jogador nominalmente. Ainda assim, o jogador enfatizou que não há tempo a perder e a reação precisa vir no meio da semana.

“O Bayern não é do nosso nível no momento. Voltamos bem depois do 3 a 0 devido a duas situações padrão, mas nos abatemos novamente com o quarto gol do Bayern. Pouco antes, tivemos um grande contra-ataque e perdemos a bola. O Bayern deixa a gente ir ao ataque. Temos que rever a partida para pontuar a partir da terça-feira. Tivemos oportunidades, tivemos espaço, mas fomos incapazes de jogar a bola certa e no momento certo. Estamos enfrentando agora semanas difíceis. Temos que nos recuperar bem, aproveitar o que foi positivo, trabalhar o que houve de negativo e reagir”, falou.

O goleador da partida foi o zagueiro Hinteregger. Marcou duas vezes em poucos minutos e permitiu uma reação improvável do Eintracht Frankfurt, mas, com o time já abatido, cometeu falha bisonha que resultou em um gol contra e o quinto do Bayern no duelo. O jogador lamentou o gol contra e o fato de não pontuar em Munique, mas alertou que o time precisa de reação rápida.

“Infelizmente, algo dessa forma acontece e espero que tenha sido o meu último gol contra. Jogamos muito bem no segundo tempo e causamos dificuldades mesmo com três gols de desvantagem. Acreditamos em nós mesmos de que era possível surpreender e buscar pontos, mas demos dois gols. O Bayern é uma ótima equipe. No entanto, tivemos a sensação de que algum ponto poderia ser conquistado aqui. Temos que voltar à disputa e somar pontos”, expressou.

O Eintracht Frankfurt segue em baixo desempenho e com risco de disputar os playoffs contra o rebaixamento. A equipe ocupa a 14ª posição, com 28 pontos, quatro à frente do Fortuna Düsseldorf, 16º colocado. A próxima rodada será disputada no meio de semana e as Águias irão entrar em campo às 15h30 da próxima terça-feira (26), quando enfrentam o Freiburg na Commerzbank Arena.

VAVEL Logo