Manchester United desembolsa £10 milhões pela extensão de contrato com Ighalo
Foto: Reprodução/Manchester United 

Há dois dias o Manchester United confirmou a permanência do centroavante nigeriano Odion Ighalo, até janeiro de 2021, depois de convencer o Shanghai Shenhua de abrir mão do retorno de seu jogador. Segundo o Mirror, para a prorrogação do empréstimo, os Red Devils pagarão mais  £6 milhões ao time chinês, totalizando  £10 milhões por uma temporada completa na Inglaterra.

Aos 30 anos de idade, Ighalo retornou a Premier League após três temporadas no futebol asiático. Ex-Watford, o jogador foi contratado pelo United em janeiro deste ano, e apesar das desconfianças do torcedor, o atacante correspondeu bem, apesar da pouca minutagem em campo, por conta da paralisação da temporada, em virtude da Pandemia de Coronavírus.

Somando oito partidas e quatro gols, Ighalo se destacou na Europa League, com metade das redes balançadas no clube. Ainda sem marcar gols na Premier League, suas outras duas comemorações foram na FA Cup, contra o Derby County.

Negociação

Serão  £10 milhões pagos ao Shangai, após o time chinês desembolsar apenas €5,85 milhões em fevereiro de 2019 ao Changchun Yatai, também da liga chinesa. Inicialmente o acordo entre os Red Devils e o ex-clube de Ighalo previa um vínculo de 6 meses e aproximadamente £4 milhões pelo empréstimo. Para a nova extensão, mais £6 milhões serão gastos pelo time inglês, a pedido de Ole Solskjaer.

Seu salário que antes era £300 mil semanais, sofrerá uma alteração superior à metade do contrato anterior. Ainda de acordo com o jornal Mirror, a nova bonificação do centroavante será de £130 mil por semana.

Ainda pertencente ao Shangai Shenhua, Ighalo tem vínculo com o time dono de seu passe até dezembro de 2021. Com o encerramento de sua aparição no Manchester United, o jogador poderá assinar um pré contrato com qualquer equipe, caso não renove com os chineses. 

VAVEL Logo