Afastado há um ano, atacante Willyan Martins comenta retorno: "Expectativa é muito grande"
Foto: Divulgação

No futebol é normal encontrar relatos de jogadores que são obrigados a encerrar precocemente o sonho de uma carreira profissional por causa de uma lesão. Uma destas história de determinação e superação de um atleta que não se deu por vencido e conseguiu encontrar nas dificuldades a força para vencer é do brasileiro Willyam Martins.

O atleta de 26 anos, é a prova viva de quando a situação te impulsiona a não desistir de seus objetivos. Isso porque após duas temporadas no futebol português com passagens pelo Tourizense e Peniche, no começo da temporada 2019/20, ele sofreu uma grave lesão no tendão adutor. O que resultou no seu afastamento das atividades e o impossibilitou de defender o Yerevan, da Armênica.

Willyam conseguiu uma nova oportunidade no futebol, mas dessa vez no Cascavel CR. Entretanto, por uma infelicidade ele acabou sentindo novamente a lesão e ficou de fora da disputa daquela competição estadual. O atacante lamentou os acontecidos, as oportunidades perdidas e mostra confiança para retornar.

"São coisas que acontecem e que pertencem ao futebol. Estamos sujeitos a este tipo de acidente. Estava me preparando para chegar em boas condições ao Yerevan, que disputa a primeira divisão do futebol da Armênia. Esta seria mais uma grande experiência não somente profissional, mas também pessoal pelo fato de conhecer uma nova cultura em um país do Velho Continente. Apesar dos problemas que venho atravessando, creio que o pior já passou e estou preparado para encarar os novos desafios que terei pela frente. Só lamento pelo fato de não ter disputado um campeonato muito competitivo como o Paranaense, mas acontece. Agora, é levantar a cabeça, continuar trabalhando e encarar de frente as chances que estão por vir", concluiu.

O atacante já recuperado vive a expectativa de voltar aos gramados, ainda mais nesse momento delicado que o mundo vem enfrentando.  Willyam falou sobre esse sentimento que vem crescendo dentro de si.

"Expectativa é muito grande, pois é algo que sempre fiz, faço desde meus 13 anos. Então estou muito ansioso. E sim, bate um receio, um 'frio na barriga', mas é algo bom". 

Perguntado sobre quais os projetos tem para o futuro, o jogador se mostrou animado com o futuro, afirmou que continua trabalhando firme para quando surgir uma nova oportunidade estar pronto para encarar.

"Então, estou no aguardo de novas oportunidades, meu empresário está buscando algo. E enquanto não acerto nada, continuo trabalhando pra quando chegar estar preparado para o desafio".

Willyan Martins atuou nas categorias de base do Avaí, CaxiasChapecoense. E acumula passagens pelo Atlético de Ibirama, Grêmio Prudente e Vocem. Já em Portugal, defendeu o Tourizense e Peniche, que disputavam a terceira divisão do Campeonato Português. Em terras lusitanas, ele registra 31 jogos com 7 gols marcados.

VAVEL Logo