Borussia Dortmund derrota Hertha Berlin e abre vantagem na vice-liderança
Foto: Divulgação/Borussia Dortmund

Borussia Dortmund venceu o Hertha Berlin por 1 a 0 em partida válida pela 30ª rodada da Bundesliga, neste sábado (6). As equipes entraram em campo desfalcadas de seus atacantes principais, Haaland e Matheus Cunha.

Antes da partida começar, os dois times fizeram bom uso do seu destaque na mídia internacional para protestar contra os eventos recentes envolvendo discriminação racial nos EUA. 

Muito seguro na partida, o clube auri-negro dominou o jogo (63% de posse de bola, 13 finalizações e 89% de passes corretos) e não sofreu nenhum susto na partida. Com ambas as defesas muito disciplinadas e muito bem postadas, o jogo não foi acelerado e teve uma baixa quantidade de finalizações no gol, mas o Dortmund conseguiu achar seu gol no segundo tempo.

Disciplina tática e seca de gols

Em entrevista antes da partida, o técnico do Hertha Berlin, Bruno Labbadia, havia dado uma prévia de que seu time atuaria bem fechado na defesa e que tentaria armar seu ataque através de lançamentos que possibilitassem a transição entre ataque e defesa. E foi exatamente isso que os jogadores fizeram.

Com uma grande disciplina tática, o Hertha permitiu que a posse de bola ficasse com o time do Dortmund e se fechou muito bem, minando qualquer chance dos seus oponentes de atacarem com eficiência.

O Dortmund, ao bater de frente com esta defesa, tentou atacar pelas laterais da área com uma rápida troca de passes, mas conseguiu sua primeira finalização apenas aos 20 de jogo.

O primeiro tempo foi muito caracterizado pelo domínio do Dortmund, que teve 61% da posse de bola e que acertou mais de 90% dos seus passes, mas teve poucas finalizações. Os auri-negros chutaram cinco vezes, mas nenhuma no alvo, e o Hertha apenas uma, mas sem perigo para o goleiro Roman Bürki.

Desfalques importantes e gol de zagueiro

Sem Matheus Cunha, o Hertha Berlin já vinha desfalcado de um dos seus principais jogadores, e no intervalo, perdeu seu principal goleador quando Lukebakio precisou ser substituído por Ngankam.

Praticamente sem ser atacado, o Dortmund exerceu seu domínio e perdeu uma chance de muito perto, quando Sancho chutou para fora aos 50. Com todas as jogadas de ataque sendo desperdiçadas por conta de erros de passe ou decisões erradas, quem definiu a partida foi um zagueiro.

Aos 57, Jadon Sancho recebeu a bola pela esquerda e cruzou na direção da grande área na direção de Brandt, que desviou de cabeça para que Emre Can finalizasse no cantinho sem chances para o goleiro Rune Jarstein.

Agora atrás do placar, o Hertha tentou acelerar seu jogo e subir um pouco mais para o ataque, mas bateu de frente com um Borussia muito bem postado defensivamente cujos destaques da partida foram exatamente seus jogadores de defesa e o volante Witsel, e não conseguiu finalizar no gol nenhuma vez.

O Dortmund só não ampliou mais o placar por que o Sancho desperdiçou outra ótima oportunidade e por que os defensores Boyata, Torunarigha e Mittelstädt fizeram uma ótima partida.

Com a combinação de resultados (derrotas de Gladbach e Leverkusen e empate do Leipzig), o Borussia Dortmund agora está em uma posição muito confortável na briga pela Champions, com sete pontos na frente do primeiro time fora da zona de classificação. O Hertha, por sua vez, ainda depende de tropeços de Hoffenheim e Wolfsburg na próxima rodada para que consiga se garantir na Liga Europa.

Próximos compromissos

Na próxima rodada os dois times jogarão no sábado (13) ás 10h30. O Dortmund pegará o Fortuna Düsseldorf fora de casa e o Hertha Berlin receberá o cambaleante Eintracht Frankfurt em seus domínios.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore
VAVEL Logo