Após carta de Rashford, governo britânico aumenta verba para alimentação infantil
Foto Reprodução/Manchester United

  

Após Marcus Rashford publicar uma carta aberta contra a fome, o governo britânico anunciou um fundo alimentação para famílias carentes. O parlamente prevê um orçamento de £120 milhões, sendo destinadas £15 por pessoa a cada semana.

A medida foi anunciada por Downing Street, porta voz oficial do Primeiro Ministro britânico. Segundo Street, as crianças terão direito a um vale alimentação válido por seis meses. Ele ainda reforçou a importância da atitude tomada por Rashford.

"O Primeiro Ministro congratula-se com sua contribuição ao debate sobre a pobreza e respeita o fato de ele estar usando seu perfil como um esportista de destaque para destacar questões importantes".

Após o anúncio, o atacante do Manchester United, de 22 anos, celebrou a medida governamental em suas redes sociais. "Eu nem sei o que dizer. Basta olhar para o que podemos fazer quando nos unimos".

"Isso nunca foi sobre mim ou você, isso foi nunca sobre política, isso foi um pedido de ajuda de pais vulneráveis ​​em todo o país e simplesmente forneci uma plataforma para seus vozes a serem ouvidas. Hoje tenho orgulho sabendo que ouvimos e temos feito o que é certo. Ainda há um longo caminho para vá, mas sou grato a você tudo o que temos dado a essas famílias apenas uma coisa a menos para se preocupe com esta noite.  O bem-estar de nossos as crianças SEMPRE devem ser uma prioridade".

VAVEL Logo