Hansi Flick credita méritos ao elenco do Bayern pelo título alemão: "Nunca consegue sozinho"
Hansi Flick (centro), cercado por jogadores do Bayern | Foto: Divulgação/FC Bayern

O título era praticamente certo antes mesmo do futebol germânico ser paralisado por causa da pandemia do novo coronavírus, mas a matemática sempre teima em retardar a comemoração dos melhores. A espera acabou nesta terça-feira (16), quando o Bayern de Munique venceu o Werder Bremen por 1 a 0 e sacramentou a conquista do octacampeonato da Bundesliga. O recorde estabelecido há algumas temporadas segue a ficar ainda mais amplo com os números sensacionais aplicado ao longo do tempo pela equipe bávara. Agora, a equipe tem 30 títulos nacionais e está na briga para vencer a DFB Pokal e a Uefa Champions League. Caso leve as duas competições, iguala o feito de 2013 e fatura a tríplice coroa.

Em meio à comemoração de seu primeiro campeonato como treinador, Hansi Flick afirmou que nada do seu trabalho teria sucesso se não fosse a compreensão de todo o elenco. O técnico não perde há 23 jogos, com 22 vitórias e um empate. Vale salientar que Flick chegou ao clube no último mês de novembro para substituir Niko Kovac. Até o momento, são 29 jogos, com um empate, duas derrotas e 26 triunfos.

“Crédito à equipe. A maneira como jogamos nos últimos meses sente-se a paixão, o personagem, a alegria de jogar e o espírito de luta. O Werder Bremen não queria se esforçar muito no começo, mas eles ganharam coragem quando ficamos com um jogador a menos. Hoje não há críticas. Precisa-se enfatizar como a equipe conseguiu isso. Nunca consegue sozinho, apenas todos juntos. É uma delícia para mim estar envolvido. O grupo personifica a confiança do ‘Mia san Mia’. Os jogadores possuem enormes qualidades e os treinadores confiam neles. Este é o Bayern de Munique, os objetivos são sempre elevados. Chegamos ao primeiro agora, o próximo é a Copa da Alemanha. Não se pode planejar a Uefa Champions League. Sempre será apenas um jogo e precisamos estar na melhor forma quando chegar a hora”, declarou o comandante bávaro.

A vitória por 1 a 0 ocorreu graças ao gol de Lewandowski. Como acontece ao longo dos anos, o centroavante polonês é o principal artilheiro do futebol alemão. No Campeonato Alemão, são 31 tentos assinalados em 29 partidas, além de três assistências. O atacante lamentou o fato de poder comemorar distante da torcida, em um estádio sem a presença do torcedor, mas exaltou o poder de reação da equipe para sair da campanha oscilante para um desempenho agressivo, intenso e vencedor.

“Nós somos campeões alemães. É obviamente difícil comemorar sem os torcedores. É algo extra, falta a paixão dos fãs. Mas estamos muito felizes. Não foi uma temporada fácil, lutamos muito pelo título. Espero que possamos celebrar com os torcedores no estádio em breve. No primeiro tempo, Werder Bremen jogou de forma bastante defensiva, mas jogou bem. No segundo tempo, precisávamos marcar para facilitar um pouco. Mostramos que somos o melhor time da Alemanha e queremos jogar ainda melhor na Uefa Champions League”, afirmou.

Como será até o fim da temporada, o Bayern não poderá receber seu torcedor. O time volta a entrar em campo no próximo sábado (20), às 10h30, quando enfrenta o Freiburg na Allianz Arena. A equipe soma 76 pontos, uma dezena à frente do Borussia Dortmund, que podem ganhar todos os jogos, mas não chegam à pontuação bávara.

Foto: Divulgação/FC Bayern
Foto: Divulgação/FC Bayern

Abaixo, leia mais declarações sobre o 30º título nacional do Bayern.

Herbert Hainer, presidente do Bayern de Munique

“Este oitavo título consecutivo para o Bayern é certamente muito especial – as circunstâncias causadas pela crise do coronavírus causaram confusão em todos os procedimentos normais e nos confrontaram com novos e imprevisíveis desafios. Estamos orgulhosos e felizes pelo Bayern mostramos novamente do que somos capazes, mesmo em tempos incomuns. Estamos escrevendo outro capítulo em nossa ilustre história. Parabenizo o time, o técnico Hansi Flick e sua equipe técnica do fundo do meu coração. O primeiro título da Bundesliga como presidente do Bayern é uma sensação incrível. E ainda temos a DFB Pokal em Berlim!”

Karl-Heinz Rumenigge, ex-atacante com 218 gols no Bayern, atual diretor e CEO do clube

“Gostaria de parabenizar a equipe, nosso técnico Hansi Flick e sua equipe técnica pela conquista do título da Bundesliga. Sem dúvida, esta é uma temporada disputada em competições especiais que ninguém desejava e esperamos que permaneçam únicas. Hansi Flick, sua equipe técnica e elenco tiveram uma segunda metade da temporada brilhante apesar das circunstâncias difíceis, não apenas em termos de vitórias, pontos conquistados e muitos gols, mas também no modo de jogar. Queremos dar troféus aos nossos torcedores e, ao mesmo tempo, inspirá-los a atacar o futebol. Isso foi alcançado. O Bayern venceu merecidamente a Bundesliga pela oitava vez consecutiva”.

Philipp Lahm, lateral-direito aposentado e ex-jgador do Bayern de Munique

“Parabéns por conquistar o oitavo título consecutivo! Nas últimas semanas, o Bayern demonstrou de maneira impressionante porque merece estar no topo da tabela”.

Bastian Schweinsteiger, meia aposentado e ex-jogador do Bayern de Munique

“Parabéns pelo oitavo título consecutivo! Tenho ótimas lembranças das três primeiras conquistas”.

Joachim Löw, técnico da Seleção da Alemanha

“Parabéns ao Bayern de Munique, especialmente a Hansi Flick, a toda a equipe técnica e aos jogadores. Não foi apenas a pandemia de coronavírus que garantiu que o Bayern tivesse alguns obstáculos a superar nesta temporada. Durante muito tempo, a situação no topo da tabela estava mais próxima do que as pessoas estavam acostumadas nos anos anteriores. No final, no entanto, foi impressionante ver como o Bayern mais uma vez se afirmou. Com sua qualidade, sua mentalidade e uma grande fatia do amor pelo jogo, o Bayern se tornou cada vez mais dominante à medida que a temporada avançava”.

Fritz Keller, presidente da DFB (Associação Alemã de Futebol)

“Este título é especial porque é o 30º no total e o oitavo consecutivo para Munique, que continua a construir seu excelente recorde. É um ótimo, e não totalmente inesperado, sucesso em momento difícil, que pode ser atribuído ao profissionalismo de todo o clube, mas este título também é excepcional, porque surgiu em circunstâncias extraordinárias. A conquista de um título em arquibancadas vazias também é algo novo para os maiores campeões alemães. Espero que o Bayern consiga em breve comemorar esta conquista do título com seus torcedores”.

Rainer Koch, vice-presidente da DFB (Associação Alemã de Futebol)

“O Bayern enfatizou seu domínio no futebol alemão. Parabéns! É claro que esta temporada será lembrada acima de tudo pelas circunstâncias excepcionais que o cercam, mas pelo sucesso esportivo alcançado por Hansi Flick, sua equipe e o clube inteiro não será diminuído por isso”.

Christian Seifert, CEO da DFL (Liga Alemã de Futebol)

“Parabéns ao Bayern de Munique por ter conquistado o título alemão. Eles defenderam o título e venceram em uma temporada muito singular à luz da suspensão temporária – especialmente graças a performances notáveis na segunda metade da temporada. Meus parabéns também para Hansi Flick e sua equipe técnica, além dos responsáveis do clube”.

VAVEL Logo