Em
jogo difícil, Barcelona apenas empata com Sevilla e corre risco de perder
liderança da LaLiga
Foto: Divulgação/Barcelona

Após vencer Leganés por 2 a 0 na última segunda-feira (15), o Barcelona viajou até o estádio Ramón Sánchez Pizjuán  para encarar o Sevilla nesta sexta-feira (19), válido pela 30ª rodada da LaLiga. Embora o jogo tenha sido movimentado e vistoso para acompanhar, o placar não saiu do zero.

Logo nos primeiros minutos, os visitantes dominaram a posse de bola e o time da casa pouco pôde fazer no ataque; a única alternava que restava no momento era se defender. Aos 10', porém, surgiu oportunidade de falta para os rojiblancos, que não ameaçou ter Stegen.

Na melhor chance do Barcelona na partida, aos 20’, Messi cobrou falta com muito perigo, obrigando o zagueiro Koundé afastar a bola de cabeça. Os blaugranas estavam no comando do meio para frente, sendo 73% de posse contra 27% do Sevilla. Com essa desvantagem, se via o técnico Lopetegui muito apreensivo na beirada do campo, além do goleiro Vaclik tendo muito trabalho. O tcheco, aliás, afastou o chute perigoso que Rakitic direcionou em sua área.

Após parada para hidratação, os anfitriões resolveram tomar iniciativa e também marcar presença no ataque, mas não foi suficiente para alterar o marcador. Minutos antes do árbitro encerrar a primeira etapa, houve confusão e empurra-empurra entre os jogadores após Messi partir para cima de Diego Carlos, que fez falta em Suárez, entretanto os advertidos com cartão amarelo foram outros: Fernando e Busquets.

Na volta do intervalo, Sevilla mudou a postura e partiu para o ataque. Ter Stegen, pouco acionado no primeiro tempo, precisou fazer defesas difíceis nos primeiros minutos.

Aos 70’, a porcentagem da posse de bola era essa: 54% dos blaugranas contra 46% dos rojiblancos. Embora estivesse com muito domínio da bola no meio-campo, o Barcelona pouco arriscava ou chutava ao gol, diferente do adversário que conseguiu ser mais perigoso em seus ataques. As melhores oportunidades do clube catalão na partida foram nas faltas cobradas por Messi.

Faltando pouco o final, o atacante Suárez resolveu fazer diferente e chutar ao gol, porém o lance pouco ameaçou Vaclik. Aos 90’, Sevilla perdeu grande chance e assim o jogo terminou em empate sem gols, o que não acontecia desde 2003.

Classificação e próximos compromissos

Com a igualdade no placar, o Barcelona continua na liderança, com 65 pontos, mas pode ser ultrapassado pelo maior rival na classificação: o Real Madrid, que vem logo atrás, com 62. O próximo jogo será diante do Athletic Bilbao na terça-feira (23), às 17h.

O Sevilla, por sua vez, se mantém na terceira colocação, com 52 pontos. A equipe de Andaluzia enfrentará o Villarreal na segunda-feira (22), às 14h30.

VAVEL Logo