Em jogo com duas viradas e segundo tempo eletrizante, Benfica é derrotado pelo Santa Clara
Foto: Divulgação/Liga NOS

Um dos cotejos mais emocionantes dos últimos tempos aconteceu na Liga NOS (Campeonato Português) nesta terça-feira (23). O resultado, surpreendente, pode ter tirado o título de um dos gigantes do país em casa. No Estádio da Luz, o Santa Clara venceu o Benfica por 4 a 3 em uma peleja de duas viradas válida pela 28ª rodada do torneio.

O Benfica pressionou no primeiro tempo, mas a úncia equipe a marcar no período foi o Santa Clara — em terrível erro individual de Nuno Tavares. No segundo tempo, total insanidade. Três gols para cada lado, duas viradas e muita festa da equipe dos Açores.

Cabe ao Benfica, agora, torcer contra o Porto, que faz o Dérbi da Invicta contra o Boavista no seguimento da rodada. Em pontos, no instante em que a peleja na capital portuguesa acabou, tripeiros e encarnados estavam empatados em 63 pontos.

Detalhes do confronto emocionante

O Benfica buscou pressionar o Santa Clara desde o começo da peleja, mas não conseguia concluir suas chances. A primeira finalização da equipe saiu aos 09 minutos do primeiro tempo. Pizzi escorou cobrança de escanteio e Fábio Cardoso afastou o perigo.

A volúpia ofensiva encarnada deixou espaços para contra-ataques dos açorianos. Um deles aconteceu as 13 minutos. Thiago Santana recebeu com liberdade e finalizou em cima de Odisseas Vlachodimos.

O Benfica respondeu dois minutos depois. Rafa Silva faz linda inversão de jogo buscando Nuno Tavares, que domina e finaliza mal. 

A blitz das águias continuava. Só as 19 minutos, três finalizações. Julian Weigl finalizou e Marco Rocha defendeu. Depois, Nuno Tavares finalizou desviado e, por fim, o próprio Tavares chutou com muita força, isolando a redonda.

Com 30 minutos, Adel Taarabt fez bela jogada individual e fintou dois marcadores antes de finalizar colocado. Ele tirou do goleiro, mas também tirou da meta.

Dois minutos depois, a grande chance benfiquista. Pizzi descolou linda assistência para Haris Seferovic, que chutou cruzado. A bola tirou tinta da trave esquerda.

No final da primeira etapa, o Santa Clara cresceu. Com 37 minutos, Carlos apareceu no comando do ataque e isolou a redonda. Se a finalização foi ruim, indicava uma maior presença açoriana no campo ofensivo.

E, aos 44 minutos, o Santa Clara surpreendeu. Nuno Tavares saiu jogando errado e entregou a redonda nos pés de Anderson Carvalho. O volante domina, avança e chuta no mesmo canto de Vlachodimos, que aceita.

No desespero, os mandantes tentaram buscar o empate ainda nos acréscimos da primeira metade da peleja. Nuno Tavares cruzou e Haris Seferovic finalizou à esquerda da meta açoriana.

Segue o jogo após o intervalo

O Benfica voltou para a segunda etapa disposto a virar a peleja a qualquer custo. E tanto os escarnados quanto a equipe dos Açores protagonizaram uma peleja cheia de emoção dali para frente. 

Logo aos 01 minutos, Adel Taarabt chutou da entrada da área e Marco Rocha fez grande defesa.

Aos 05 minutos, porém, não teve jeito. André Almeida acionou Rafa Silva na ponta direita, fintou Mamadu Candé e chutou no cantinho de Marco Rocha. 

A resposto veio aos 13 minutos. Em cobrança de escanteio, Zaidu Sanusi ganha de Rúben Dias pelo alto e cabeceou. Vlachodimos ficou olhando e a redonda entrou. O Santa Clara estava de novo à frente do marcador.

Carlos Vinícius, que tinha acabado de entrar no jogo, mudou os rumos do cotejo. Aos 16 minutos, Andrija Zivkovic cruzou do lado direito e o atacante finalizou com perigo. A redonda, porém, subiu demais.

O empate veio logo na sequência. Aos 18 minutos, Pizzi cobrou escanteio na área e Carlos Vinícius cabeceou para o gol livre, já que Marco Rocha saiu mal demais da meta.

E, com 20 minutos, o Benfica já estava à frente. Quem cruzou, naquele instante, foi André Almeida da direita. Carlos Vinícius testou e, novamente, Marco Rocha nada conseguiu fazer.

A partida, que tinha ritmo incessante, perdeu fôlego. O Benfica neutralizava o Santa Clara, que pouco conseguia fazer. Eis que, em cruzamento do lado esquerdo, Rúben Dias corta com a mão. Após consulta ao VAR, o árbitro marcou pênalti, convertido por Crysan. 

Carlos Vinícius ainda teve uma oportunidade de ouro para desempatar. André Almeida coloca a redonda no segundo poste e o atacante chega antes da marcação, finalizando com perigo, mas para fora.

O fim da emocionante peleja mostrou-se ainda mais trágico para os torcedores do Benfica. Após bate-rebate na área, José Manuel aparece para finalizar e converte o insólito 4 a 3 do Santa Clara em pleno Estádio da Luz.

Classificação e próximos jogos

O Benfica estacionou nos 64 pontos, na vice-liderança da Liga NOS. Na próxima rodada, o Benfica vai à Ilha da Madeira encarar o Marítimo na próxima sexta-feira (26), às 14h (Horário de Brasília).

O Santa Clara chegou aos 38 pontos, assumindo a oitava colocação na tabela. No próximo domingo (28), os açorianos enfrentam o Boavista, ás 17h (Horário de Brasília), no Bessa.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore
VAVEL Logo